Sem categoria

Xuxa pede respeito após falsa discussão com Bolsonaro viralizar

Publicado em

Na última quarta-feira (6), o nome de Xuxa teve seu nome envolvido em uma fake news. Às afirmações em questão mostravam que a apresentadora teria discutido com o presidente Jair Bolsonaro no Twitter. Em seu Instagram, a rainha dos baixinhos pediu mais respeito dos seus seguidores e falou até sobre momentos de sua carreira.


Xuxa desabafa e pede respeito após fake news envolvendo seu nome
Reprodução/Instagram

Xuxa desabafa e pede respeito após fake news envolvendo seu nome

Leia também: Record estreia programa de Xuxa para crianças em sua plataforma de streaming

Na montagem, Xuxa
teria criticado a publicação do vídeo obsceno que o presidente Jair Bolsonaro fez em sua conta oficial. “Que mérito tem um governo que publica golden shower nas redes sociais… Com crianças podendo acessar esse tipo de conteúdo?”, teria sido o que ela falou.

Em seguida Jair Bolsonaro teria respondido citando um trabalho em que ela fez como atriz 1982: “O mesmo mérito que você quando teve relações sexuais com um menor de idade em 1982. ‘Amor, Estranho Amor’”.

Leia mais:  Lívia Andrade exibe corpão durante descanso no México

Leia também: Xuxa posta foto sem maquiagem e fãs ressaltam beleza no envelhecimento


Montagem da discussão entre Xuxa e Bolsonaro
Reprodução/Instagram

Montagem da discussão entre Xuxa e Bolsonaro

No Instagram, ela decidiu dar um basta a esses boatos publicando o print dos supostos tweets junto com um textão. “Estou colocando isso aqui pra ver se respeito gera respeito e gentileza gera gentileza…”, foi como a apresentadora
começou seu desabafo.

Assim que a montagem do Twitter ganhou repercussão, alguns internautas foram até as redes sociais dela para agredi-la verbalmente. “Cada um que entrou aqui no meu Insta e no Face pra me agredir se tiver caráter e dignidade vai me pedir desculpas… Ok?”, declarou logo no início do seu texto.

A loira aproveitou para falar sobre a sua carreira e o filme que foi citado na montagem: “Fiz sim o filme ‘Amor, Estranho Amor’ e ainda mais três revistas nua. Era meu trabalho, nunca me droguei, nunca me prostitui, porque minha mãe me ensinou valores” .

“Espero que a mãe de vocês também tenha dado educação a vocês e venham aqui me pedir desculpas por algo que eu não fiz e nunca faria. Não dou direito a vocês virem me ofender sem antes saber se isso era verdade ou não…. Vamos lá, mostrem que vocês erraram e se desculpem”, foi o último pedido que ela fez na publicação.

Leia mais:  Ingrid Guimarães reverencia e destaca a importância das mulheres no humor

Leia também: Xuxa será a próxima? Cinco famosos que fracassaram à frente de realities

“Sabe aquela história de quem tem luz própria, incomoda as trevas que há no outro? É isso que está acontecendo. Fica em paz. Deus é o único que conhece seu coração”, uma internauta desejou para ela nos comentários. “Que feio! Marmanjões recebendo uma ‘dura’ da rainha dos baixinhos
”, outro seguidor comentou.

“Venho aqui em seu Instagram pedir desculpas por essas pessoas sem noção, pessoas que não tem o que fazer, pessoas sem amor ao próximo. Fico muito triste com esse tipo de agressão”, uma fã pediu desculpas a Xuxa
em nome das pessoas que teriam feito as agressões verbais.

Comentários Facebook
Advertisement

Política VG

Vereador/VG se “despede” de entidade; sai a Federal e mira votação histórica de Curvo

Published

on

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o Vereador por Várzea Grande, Bruno Lins Rios se licenciou da UCMMAT (União das Câmaras de Mato Grosso), para alçar vôo  mais alto. Empossado na entidade em 2021, Rios terá pela frente dois adversários de peso no partido, sendo a primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Morais e o Deputado Estadual, Alan Kardec. O vereador poderá se engajar exclusivamente como representante de Várzea Grande, já que outro pretendente ao mesmo cargo, o Vereador Rogerinho Dakar (PSDB), vê sua sigla “derretendo”. A idéia de Bruno é “bombar” na cidade industrial, para isso vêm se cacifando financeiramente e logicamente formar dobradinhas, dentre as metas, uma delas é aproximar da histórica votação em 2006 do ex-vereador Chico Curvo, batendo 37 mil votos.

 

 

fonte Oempallador

Comentários Facebook
Leia mais:  “Sempre gostei de garotas”, revela Anitta em entrevista
Continue Reading

Sem categoria

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Published

on


source
Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 08.03.2022

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Dentre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto,  o presidente Jair Bolsonaro é o que apresenta o maior índice de rejeição, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira: 55% dos entrevistados afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. O desempenho é melhor que o apresentado na última pesquisa do instituto, quando essa porcentagem chegou a 60%. As duas pesquisas, contudo, não são diretamente comparáveis, já que houve mudanças na lista de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem ocupa a segunda colocação no ranking, com rejeição de 37%. Na sequência, vêm o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 30%; o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 26%; e o ex-governador Ciro Gomes (PDT), que registrou 23% no índice.

Em um segundo bloco, com números menores, estão o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), com 14%; Vera Lúcia (PSTU), que registrou 13% de rejeição; Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP), ambos com 12%; e Felipe D’Ávila (Novo), que marcou 11%.

Leia mais:  Petroleiros decidem se suspendem a greve temporariamente nesta quinta

Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para o governador João Doria, avalia um convite do PSD para concorrer à Presidência, além da possibilidade de concorrer pelo próprio PSDB no lugar de Doria — hipótese estimulada por aliados.

Leia Também

A baixa rejeição a nomes do segundo bloco, no entanto, passa também pelo grau de conhecimento desses pré-candidatos entre os eleitores. Lula é o mais conhecido pelos entrevistados: 99% disseram saber quem ele é. O presidente Jair Bolsonaro tem índice de 98%, enquanto 90% afirmaram conhecer Sergio Moro. Ciro Gomes tem 89% de conhecimento e Doria, 80%.

Dos entrevistados, 42% dizem conhecer o governador Eduardo Leite, 31% conhecem Vera Lúcia e 30%, Felipe D’Ávila. A senadora Simone Tebet registra índice de 28%, enquanto Leonardo Péricles tem 20% de conhecimento.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana