Política MT

Sem palanque em Mato Grosso, Lula pede a senador Fávaro para concorrer ao governo do estado

Publicado em

Após fechar apoio a um ruralista do PP como o seu candidato ao Senado em Mato Grosso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está em busca de um palanque no Estado. Nesta terça-feira (2), ele pediu que o senador Carlos Fávaro (PSD) concorresse ao governo do estado para ter um cabo eleitoral de peso no local em que seu principal adversário, Jair Bolsonaro (PL), tem forte apoio entre representantes do agronegócio e lidera as pesquisas eleitorais.

Fávaro já era o coordenador regional da campanha do petista, mas diz oficialmente que ainda não tem uma decisão tomada sobre o assunto. A três dias do período final das convenções partidárias, apenas o governador Mauro Mendes, do União Brasil, anunciou que será candidato à reeleição. Os principais aliados do PT (PP, PV, PSD e PSB) até chegaram a negociar uma aliança com Mendes, mas desistiram depois que o candidato à reeleição anunciou que se aliaria ao PL, de Bolsonaro. “Nosso palanque é o palanque do ex-presidente Lula”, afirmou Fávaro.

Leia mais:  CST da Mulher entrega relatório final em maio

No início de julho, a campanha petista comemorou a aproximação com Neri Geller (PP), um deputado federal da bancada ruralista definido como o candidato de Lula ao Senado. Ele também é primo do ex-ministro da Agricultura e ex-governador Blairo Maggi, que agiu a favor de Lula.

Nacionalmente, o PP está ao lado do presidente Bolsonaro. Suas principais lideranças são o ministro da Casa Civil e senador licenciado, Ciro Nogueira, e o presidente da Câmara, Arthur Lira.

A jornalistas em Cuiabá (MT) nesta terça-feira (2), Geller disse que a definição do PL pela candidatura de Mendes desenhou um novo cenário na política mato-grossense. “Agora, se definiu o jogo. Vamos organizar o nosso time para termos novidades logo. E a novidade é um nome [do nosso grupo] ao Governo”.

Além de Fávaro, outro nome que estava sendo aventado é o de Márcia Pinheiro (PV), mulher do prefeito de Cuiabá, Emmanuel Pinheiro (MDB). Em princípio, Lula não tinha perspectiva de nenhuma visita ao Mato Grosso durante o primeiro turno da campanha. Mas, agora, prevê uma ida ainda em agosto ao Parque Indígena do Xingu, no norte do estado.

Leia mais:  TCE aprova soluções que devem acelerar pavimentação da BR-174/MT-170 em Mato Grosso

Procurado para comentar as articulações locais, o ex-presidente Lula não se manifestou até a conclusão desta reportagem. Já o PP afirma, por meio de nota, que “a sigla não irá fazer coligação com o Partido dos Trabalhadores em nenhum Estado brasileiro”, diante da decisão de apoiar a reeleição de Bolsonaro.

Debate

As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

fonte – cnn brasil

Comentários Facebook
Advertisement

Política MT

Na busca pelo primeiro mandato na AL, Juca do Guaraná quer ‘levar o povo’ para a Casa de Leis

Published

on

Para o candidato a deputado estadual pelo MDB em Mato Grosso, Juca do Guaraná Filho, a presença do agente político nos municípios é fundamental. Uma das propostas do Juca do Guaraná, é percorrer, com o Gabinete Itinerante, os 141 municípios do Estado e deixar fixa uma base do Gabinete Itinerante nas principais cidades de Mato Grosso.

“As pautas que vêm de encontro com as necessidades da população precisam ganhar vez na Assembleia Legislativa. Pode ter certeza que se eu conseguir uma das vagas da AL, a população entrará junto comigo”, destacou Juca do Guaraná.  

O emedebista é conhecido por ser o vereador do povo. Juca foi um dos parlamentares que mais teve indicações feitas e atendidas nos último dois anos. Já se somam mais de 10 mil indicações atendidas, em inúmeros bairros e comunidades rurais de Cuiabá. 

Juca do Guaraná Filho sabe bem a importância em ser um bom representante para a população cuiabana. Com muitos projetos de Lei de sua autoria, sancionados, Juca promete, caso eleito, continuar ‘fazendo mais por sua gente’.  Desta forma, criando mais propostas que beneficiem diretamente a homens e mulheres trabalhadores ou inserindo emendas a projetos que sejam, de fato, de interesse para Mato Grosso.  

Leia mais:  CST da Mulher entrega relatório final em maio

Juca do Guaraná Filho nasceu no bairro Pedregal, se candidatou e foi eleito em 2012. Depois, em 2016 e, por fim, em 2020. Sua entrada na política foi, inicialmente, para atender a um pedido do falecido pai, o ex-vereador José Maria Barbosa, mais conhecido como Juca do Guaraná. Assim, decidiu seguir a trajetória política e, hoje, Juca do Guaraná Filho busca seu primeiro mandato como deputado estadual.  

Com esse objetivo, Juca do Guaraná tem mostrado aos eleitores alguns de seus trabalhos na Casa de Leis cuiabana, afirmando que como vereador, criou o Gabinete Itinerante, com o objetivo não só de aproximar o parlamento municipal da comunidade, como ainda levantar as principais necessidades estruturais, em especial, nos bairros carentes da Capital. A ação já percorreu todas as regiões da Capital e já totalizou mais de 10 mil atendimentos. 

Em uma luta sem tréguas, Juca conseguiu sancionar a Lei de Nº 6.509/2020, de sua autoria, estabelecendo atendimento prioritário e, sobretudo, humanitário, aos autistas. A Lei exige que os estabelecimentos públicos e privados passem a estampar, em local visível, o símbolo para a conscientização do autismo, informando que os portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus acompanhantes têm direito a atendimento prioritário. O êxito foi tão grande que o projeto do vereador Juca do Guaraná acabou servindo de referência para várias outras cidades.

Leia mais:  Thiago Silva acompanha aplicação de asfalto quente (CBUQ) no Anel Viário de Rondonópolis

Juca também foi autor da Lei que aumentou o tempo para integração nos ônibus coletivos de Cuiabá, fazendo com que os usuários do transporte público tivessem mais tempo para completar seu trajeto, sem perder o tempo de integração e sem precisar pagar outra passagem.   

Esta Lei foi idealizada pelo parlamentar como resultado de uma experiência feita por ele, quando enfrentou um ônibus lotado que demorou aproximadamente 2 horas para fazer a linha que vai do bairro Pedra 90 ao Centro da capital. Ao passar por essa situação, notou que muito dificilmente uma pessoa conseguiria fazer esse mesmo percurso e tantos outros, em apenas 1 hora.  

Com a apresentação de todo trabalho prestado à Cuiabá, é que Juca do Guaraná tem se colocado à disposição da população mato-grossense, para levar esses projetos para todo o Estado.

Fonte: Eleições 2022

Comentários Facebook
Continue Reading

Política MT

OSMAR FRONER RECEBE RECENSEADORES E DESTACA IMPORTÂNCIA DO CENSO DO IBGE

Published

on

O prefeito Osmar Froner recebeu na manhã desta segunda-feira (15) a equipe do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, que está realizando o Censo Demográfico em Chapada dos Guimarães.

Os recenseadores do IBGE iniciaram neste mês de agosto os trabalhos do Censo 2022, com previsão de término em outubro. Uniformizados e identificados, eles estão visitando as residências do perímetro urbano e da zona rural, incluindo as comunidades quilombolas.

A Prefeitura Municipal de Chapada dos Guimarães disponibilizou uma sala no prédio da Secretária de Municipal Turismo, Cultura e Meio Ambiente para os trabalhos do IBGE.

Osmar deu as boas-vindas a equipe, colocando a administração a disposição durante a realização do Censo.

Após a recepção, o prefeito fez questão de receber os representantes do IBGE em sua residência, e frisou a importância do Censo.

“Contamos com a colaboração de toda a população para receber o recenseador e responderem ao questionário, o censo é importante, não apenas para identificar o número de habitantes que o município possui, pois é através dele que se viabiliza recursos para implantação de políticas públicas e serviços essenciais à população, ajuda a melhorar o nosso município. O benefício é para todos”.

Leia mais:  CST da Mulher entrega relatório final em maio

Suellen Maia, umas das agentes censitário municipal, alerta que é importante destacar que os recenseadores estão devidamente identificados. O uso de colete e crachás são obrigatórios durante a pesquisa.

O trabalho em Chapada dos Guimarães está sendo feito por 11 recenseadores, supervisionados por uma agente censitária.

fonte – chapada dos guimarães mt gov.0

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana