Sem categoria

Sem bons vilões, Isabella é o alvo da semana no “BBB 19”

Publicado em

A semana deveria trazer momentos interessantes no “BBB 19”. Na última terça-feira (19), após a eliminação de Maycon, os participantes foram acorrentados em dois grupos. Ao invés de estressarem, no entanto, eles usaram essa oportunidade para se conhecer melhor e acabaram trocando elogios emotivos durante a semana.


Alan, Isabela e Tereza disputam permanência na casa do
Divulgação

Alan, Isabela e Tereza disputam permanência na casa do “BBB 19”

Claramente frustrando mais uma tentativa da direção do “ BBB 19
” de criar intriga, os brothers tiveram um breve momento de tensão na quinta-feira (21) quando foram surpreendidos pelo Big Fone. Isabella foi mais rápida e atendeu o chamado, colocando Alan no paredão. O catarinense teve uma breve crise de choro, mas tudo acabou com abraços e pedidos de desculpa.

Leia também: Quadro do “Fantástico” ironiza comentário racista de Paula no “BBB 19”

Sem saber o que fazer com a leva fraca de participantes, cabe ao público defender e criticar seus favoritos e preteridos, e a escolha da semana, por falta de opção, parece ser Isabella. A loira virou notícia durante o período acorrentados por, novamente, reclamar do ronco
de Rodrigo. Ela chegou a chorar por conta do incômodo com o barulho, mas isso foi, provavelmente, o maior conflito dessa fase.

Leia mais:  Namorada de Rafael Miguel diz que cunhada não quer saber dela: “Respeito”

A noite de domingo (24) foi marcada por mais uma formação de paredão
e, nem a cerimônia do Oscar que seria exibida a seguir ajudou a audiência que novamente ficou na casa dos 14 pontos. Com Alan já definido, a líder Elana apontou Isabella para a berlinda, que foi acompanhada de Tereza, que teve quatro votos.

Isabella x Elana e a vilã da vez no “BBB 19”


Isabella é a vilã da semana no
Reprodução

Isabella é a vilã da semana no “BBB 19”, mas edição segue sem graça

Essa edição não tem nenhum participante digno da alcunha de vilão, mas alguns chegaram perto disso. Todos, porém, já foram eliminados, e por falta de motivo maior, pequenas picuinhas se tornam grandes motivos para os fãs do jogo apontarem o dedo para alguém.

Isabella
disse que a justifica de Elana para coloca-la na berlinda era “totalmente incoerente” depois que a piauiense disse que Isabella nunca lhe passou confiança. Desabafando com Carol Peixinho, ela se disse ansiosa pelo jogo da discórdia desta segunda-feira (25), mas parece sofrer do mesmo mal que acomete todos os participantes da edição: não chama para a briga.

Leia mais:  Bancada Paulista redireciona R$ 219 milhões em emendas para combater coronavírus

Lá dentro eles falam pelas costas, mas na frente um do outro escolhem as palavras, são sempre polidos e evitam conflitos. Isabella não merece a alcunha de vilã, assim como Elana não merece a de heroína. “Se é para botar fogo no parquinho, a gente põe na hora certa”, chegou a dizer Isabella, mas a hora já chegou e já passou.

Leia também: Ex-BBBs Patrícia Leitte e Paula Amorim discutem na web: “Nunca me enganou”

O “ BBB 19
” é o mais cansativo de todos, e os participantes são avisados disso e semanalmente por Tiago Leifert em seus discursos de eliminação. Ainda assim, ninguém quer chamar para si a responsabilidade de ser protagonista do jogo e a edição, que enfrenta seu sexto paredão, parece estar no ar há meses, só cansando o público.

Comentários Facebook
Advertisement

Política VG

Vereador/VG se “despede” de entidade; sai a Federal e mira votação histórica de Curvo

Published

on

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o Vereador por Várzea Grande, Bruno Lins Rios se licenciou da UCMMAT (União das Câmaras de Mato Grosso), para alçar vôo  mais alto. Empossado na entidade em 2021, Rios terá pela frente dois adversários de peso no partido, sendo a primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Morais e o Deputado Estadual, Alan Kardec. O vereador poderá se engajar exclusivamente como representante de Várzea Grande, já que outro pretendente ao mesmo cargo, o Vereador Rogerinho Dakar (PSDB), vê sua sigla “derretendo”. A idéia de Bruno é “bombar” na cidade industrial, para isso vêm se cacifando financeiramente e logicamente formar dobradinhas, dentre as metas, uma delas é aproximar da histórica votação em 2006 do ex-vereador Chico Curvo, batendo 37 mil votos.

 

 

fonte Oempallador

Comentários Facebook
Leia mais:  Revista divulga lista dos atores mais bem pagos de Hollywood em 2019
Continue Reading

Sem categoria

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Published

on


source
Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 08.03.2022

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Dentre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto,  o presidente Jair Bolsonaro é o que apresenta o maior índice de rejeição, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira: 55% dos entrevistados afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. O desempenho é melhor que o apresentado na última pesquisa do instituto, quando essa porcentagem chegou a 60%. As duas pesquisas, contudo, não são diretamente comparáveis, já que houve mudanças na lista de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem ocupa a segunda colocação no ranking, com rejeição de 37%. Na sequência, vêm o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 30%; o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 26%; e o ex-governador Ciro Gomes (PDT), que registrou 23% no índice.

Em um segundo bloco, com números menores, estão o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), com 14%; Vera Lúcia (PSTU), que registrou 13% de rejeição; Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP), ambos com 12%; e Felipe D’Ávila (Novo), que marcou 11%.

Leia mais:  Christina Rocha sobre críticos de “Casos de Família”: “Quero que eles se ferrem”

Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para o governador João Doria, avalia um convite do PSD para concorrer à Presidência, além da possibilidade de concorrer pelo próprio PSDB no lugar de Doria — hipótese estimulada por aliados.

Leia Também

A baixa rejeição a nomes do segundo bloco, no entanto, passa também pelo grau de conhecimento desses pré-candidatos entre os eleitores. Lula é o mais conhecido pelos entrevistados: 99% disseram saber quem ele é. O presidente Jair Bolsonaro tem índice de 98%, enquanto 90% afirmaram conhecer Sergio Moro. Ciro Gomes tem 89% de conhecimento e Doria, 80%.

Dos entrevistados, 42% dizem conhecer o governador Eduardo Leite, 31% conhecem Vera Lúcia e 30%, Felipe D’Ávila. A senadora Simone Tebet registra índice de 28%, enquanto Leonardo Péricles tem 20% de conhecimento.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana