Sem categoria

Rede TV! busca novos caminhos para audiência e supera Globo com futebol

Publicado em

A Rede TV!
, entre as principais emissoras da TV aberta brasileira, é a que tem a menor audiência. Com média de 2 pontos, o canal de Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho pena para superar os 4 com o “Encrenca”, que passa aos domingos.


Corinthians coloca Rede TV! em primeiro lugar e abre espaço para fim da hegemonia global no futebol
Reprodução

Corinthians coloca Rede TV! em primeiro lugar e abre espaço para fim da hegemonia global no futebol

O canal, porém, apostou em uma estratégia que tem dado resultado e gerou, inclusive, um feito inédito. Na última quarta-feira (27), impulsionados pelo Corinthians, a
Rede TV!

superou a Globo
em audiência ao exibir o jogo do time paulistano na Copa Sul-Americana. Quando o jogo contra o Racing foi para os pênaltis, o canal paulista superou os 15 pontos e ficou por 11 minutos na liderança.

Leia também: Depois do “Vídeo Show”, quais programas da Globo estão com os dias contados?

O canal comprou os direitos do campeonato junto com outros dois: o italiano e o francês, todos preteridos por outros grupos de mídia. O canal comprou os direitos do campeonato junto com outros dois: o italiano e o francês, todos preteridos por outros grupos de mídia. O francês, ainda, pode ser outro trunfo por conta de ninguém menos que Neymar. Atualmente lesionado, ele joga pelo PSG e pode ser exibido com exclusividade pela emissora.

Essa não é a primeira vez que eles apostam em esportes que são desprezados por outros canais, mas, considerando o novo panorama de transmissão, pode indicar uma mudança na hegemonia global no esporte mais popular do Brasil – e ainda causar muita dor de cabeça para a platinada.

Leia mais:  Ingrid Guimarães revela como se livrou de remédios tarja preta

A Globo
vem enfrentando os meses mais difíceis de sua transmissão, com a audiência oscilando nas tardes e o horário nobre perdendo adeptos a cada dia, e sendo superada pelas concorrentes e cidades como Salvador e Goiânia
. Mas, se havia uma certeza na casa, era o futebol
. Na TV aberta eles têm o direito de transmissão dos principais campeonatos – brasileiros – estaduais e libertadores, mas não são os únicos a exibir jogos na TV fechada e canais premières.

Agora, ao desconsiderar um campeonato com times brasileiros– a Globo vê sua hegemonia esportiva cair pelo ralo. Nada garante que a emissora paulista vai manter altos índices, e seu desempenho dependerá muito do desempenho do Corinthians
na competição, mas esse é um alerta para o jovem canal de que pode se infiltrar nesse nicho.

A principal concorrente do canal, a Band
também recusou a Sul-Americana e, antes considerado um canal do esporte, já não tem a mesma fama e não exibe mais nenhum campeonato expressivo. Sendo assim, pode abrir espaço para a rival crescer nessa área.

Novo panorama


Transmissões de futebol da Rede TV! podem impulsionar programas esportivos, como o
Reprodução

Transmissões de futebol da Rede TV! podem impulsionar programas esportivos, como o “Bola na Rede”

Antes exclusiva do grupo Globo, a transmissão dos principais campeonatos ficou mais fragmentada, com grupos como a Turner (Warner/TNT/Space) negociando contratos individuais com clubes.

Se na TV aberta o Brasileiro segue na Globo
, na TV paga ainda não se sabe como serão os trâmites para a exibição de jogos de clubes fechados com cada grupo midiático. Embora a competição não tenha começado (o início é no final de abril), já é possível afirmar que uma mudança na maneira como o espectador assiste jogos de seu time é iminente.

Leia mais:  “Estou assimilando o golpe”, diz Mariana Xavier sobre morte de Gabriel Diniz

Essa não é a primeira vez que a Globo
fica de fora de uma grande transmissão. A Record
foi detentora da transmissão dos Jogos Olímpicos de 2012. Na época, mesmo não liderando na audiência, a mudança foi um marco, já que a Globo
tinha que dar os devidos créditos à concorrente ao exibir momentos das competições. No entanto, o canal retomou os diretos para as próximas competições e a Record
acabou não conseguindo se estabelecer no esporte.

Rede TV! em ascensão?


Neymar ainda pode ser outro trunfo da Rede TV!, que também adquiriu direitos do campeonato francês
Reprodução/Instagram

Neymar ainda pode ser outro trunfo da Rede TV!, que também adquiriu direitos do campeonato francês

A emissora de Amilcare e Carvalho tem um histórico de apostar nos “azarões”. Foi por lá que começaram a ser transmitidas as lutas do UFC, hoje populares na Globo, ganhando até narração de Galvão Bueno. Eles também já deram trabalho quando decidiram levar o “Pânico”, até então programa de rádio, para a televisão. Além de conseguir superar a Globo
, o programa ainda serviu para fazer despontar um dos principais nomes da TV atualmente, Sabrina Sato.

Leia também: Band desfaz programação e não consegue cativar seu público

Com o futebol, a
Rede TV!

pode alcançar um status inédito em sua história, a mais recente da TV aberta. O reflexo na audiência pode ser sinal de uma nova fase, onde o canal consegue rivalizar com a Globo.

Comentários Facebook
Advertisement

Política VG

Vereador/VG se “despede” de entidade; sai a Federal e mira votação histórica de Curvo

Published

on

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o Vereador por Várzea Grande, Bruno Lins Rios se licenciou da UCMMAT (União das Câmaras de Mato Grosso), para alçar vôo  mais alto. Empossado na entidade em 2021, Rios terá pela frente dois adversários de peso no partido, sendo a primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Morais e o Deputado Estadual, Alan Kardec. O vereador poderá se engajar exclusivamente como representante de Várzea Grande, já que outro pretendente ao mesmo cargo, o Vereador Rogerinho Dakar (PSDB), vê sua sigla “derretendo”. A idéia de Bruno é “bombar” na cidade industrial, para isso vêm se cacifando financeiramente e logicamente formar dobradinhas, dentre as metas, uma delas é aproximar da histórica votação em 2006 do ex-vereador Chico Curvo, batendo 37 mil votos.

 

 

fonte Oempallador

Comentários Facebook
Leia mais:  Mudanças! Record afasta André Azeredo de apresentação de programa
Continue Reading

Sem categoria

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Published

on


source
Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 08.03.2022

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Dentre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto,  o presidente Jair Bolsonaro é o que apresenta o maior índice de rejeição, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira: 55% dos entrevistados afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. O desempenho é melhor que o apresentado na última pesquisa do instituto, quando essa porcentagem chegou a 60%. As duas pesquisas, contudo, não são diretamente comparáveis, já que houve mudanças na lista de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem ocupa a segunda colocação no ranking, com rejeição de 37%. Na sequência, vêm o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 30%; o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 26%; e o ex-governador Ciro Gomes (PDT), que registrou 23% no índice.

Em um segundo bloco, com números menores, estão o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), com 14%; Vera Lúcia (PSTU), que registrou 13% de rejeição; Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP), ambos com 12%; e Felipe D’Ávila (Novo), que marcou 11%.

Leia mais:  “Estou assimilando o golpe”, diz Mariana Xavier sobre morte de Gabriel Diniz

Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para o governador João Doria, avalia um convite do PSD para concorrer à Presidência, além da possibilidade de concorrer pelo próprio PSDB no lugar de Doria — hipótese estimulada por aliados.

Leia Também

A baixa rejeição a nomes do segundo bloco, no entanto, passa também pelo grau de conhecimento desses pré-candidatos entre os eleitores. Lula é o mais conhecido pelos entrevistados: 99% disseram saber quem ele é. O presidente Jair Bolsonaro tem índice de 98%, enquanto 90% afirmaram conhecer Sergio Moro. Ciro Gomes tem 89% de conhecimento e Doria, 80%.

Dos entrevistados, 42% dizem conhecer o governador Eduardo Leite, 31% conhecem Vera Lúcia e 30%, Felipe D’Ávila. A senadora Simone Tebet registra índice de 28%, enquanto Leonardo Péricles tem 20% de conhecimento.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana