conecte-se conosco


Fofoca Livre

“Racha, divergências no DEM? É “Fake News” Disse JAYME CAMPOS

Publicado

O cacique e grande liderança do DEM ao lado de Mauro Mendes, defende que o partido tem de lançar candidato à sucessão do prefeito Emanuel PinheiroA disseminação de conteúdos duvidosos tem crescido exponencialmente na Internet e no celular. E, na afirmação do Senador do Partido Democrata (DEM), Jayme Veríssimo de Campos, está havendo são muitas notícias e informações que estão sendo plantadas, em relação a sigla democrática, a respeito da aliança e divergências com o governador Mauro Mendes Ferreira e a possibilidade do chefe do Executivo Estadual deixar o partido.Jayme Campos, que esteve na manhã desta segunda-feira (18), acompanhando a Prefeita do Município de várzea GrandeLucimar Sacre de Campos, que foi homenageada pelo Conselho Regional de Economia do Estado de Mato Grosso (Corecon-MT) com a primeira Comenda “Economista Roberto Campos”, e conversou com a reportagem do Blog do Valdemir.

“É Fake News. Missa do sétimo dia, vai no padre e encomenda. Estamos preparado para a Eleição de 2020. Se o partido tiver candidato próprio vai“, pontuou Jayme Campos.

Muito bem…, assim sendo, a eleição de 4 de outubro de 2020, não será no quadrado cuiabano, mas ainda assim, está diretamente conectada aos interesses políticos das principais cidades de Mato Grosso.

E o DEM, apesar de ainda não ter nomes indicados para a disputa, a certeza é que já começa a se desenhar no cenário político de CuiabáVárzea GrandeCáceresRondonópolisPrimavera do Leste, SorrisoLucas do Rio VerdeAlta Floresta e Barra do Garças, que somam 1.115.041 eleitores e dividem com a Capital, InfraestruturaTransporteSaúdeEducaçãoSegurança Pública, entre outros, nos municípios citados a sigla do Partido Democrata estará apoiando seus aliados ou vira se surgir nomes com candidatura própria.

Leia mais:  Diretor exonera indicação de Vereador em VG

Já que em recente reunião a cúpula do DEM (leia-se Jayme e Mendes), concordaram que existe aliados que precisam ser contemplados.

Tradicionalmente os partidos veem nesta relação uma oportunidade para alinhar os interesses entre as regiões.

E por esse e outros motivos é “A Hora” de sentar e ajustar os nomes. De acordo com o Senador DemocrataJayme Campos, a sigla está próxima deste momento.

“É preciso que a gente tenha prefeitos e vereadores que estejam sintonizados com as ideias e com as políticas do nosso Estado“, disse Jayme.

A verdade é que não podemos esquecer que as articulações para a Eleição de 2020, geram alterações em blocos partidários.

Assim sendo, as alianças na Capital e nos municípios citados acima, se tornará mais intensa, em 2020, devido o risco de racha entre blocos partidários formados na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (AL/MT), por conta de alianças que estão em curso, que poderão desagradar alguns partidos.

“Onde nossos aliados tiverem candidatos mais fortes do que nós, nós vamos fazer esforço para construir ou continuarmos a aliança“, enfatizou Jayme.

O cacique do Partido Democrata disse ainda que para se falar em eleição da Capital, tem que ter uma discussão mais ampla, bem conversada e analisada em todos os seus parâmetros.

“Nós teremos que se fazer uma discussão bem ampla. O governador Mauro tem sua tese, e eu também tenho a minha de que em algumas cidades onde haver aliados que nos apoiaram na eleição passada, e que tenham bons nomes, nada impede do nosso partido dar apoio a eles”.

Senador do Partido DemocrataJayme Campos que apesar de admitir a dobradinha com o MDB do cacique da sigla e deputado federal Carlos Bezerra em algumas cidades advertiu;

“Em Cuiabá e Várzea Grande e outras cidades polo, como é o caso de Rondonópolis e Sinop, vão ser tratados de forma mais zelosa, mais carinhosa, porque são polos importantes. São grandes colégios eleitorais, o partido precisa olhar com carinho as candidaturas do ano que vem”.

Nota da redação

As Eleições de 2020 será um teste decisivo para o rumo político de Mauro Mendes, que poderá consolidar e expandir sua capacidade de captura institucional a partir de uma entrada inédita nas Câmaras Municipais e Prefeituras do interior do estado, em um processo difuso de interiorização capaz de articular novos arranjos políticos.

E para finalizar…a exemplo o que ocorreu nas Eleições de 2018, que foi uma marca inegável, em 2020 repetirá. As “Fake News” vai se espalhar como fogo no mato seco. E haverá muitos tipos de boatos com gradações do nível absurdo.

Leia mais:  Secretário/VG : “Conversador fiado”

 

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Fofoca Livre

Secretário/VG : “Conversador fiado”

Publicado

Os proprietários de Vans escolares no município de Várzea Grande estão desde ontem (01), acampados na frente da Prefeitura tentando obter ajuda no valor de R$ 500 reais durante o período de Pandemia. Os trabalhadores disseram que não conseguem nem conversar com a Prefeita Lucimar Campos e que sempre são direcionadas ao Secretário de Governo, Khalil Baracat, porém nada se resolve, “Khalil não resolve. Só conversinha fiada e nada. Só conversa fiada”. Segundo um motorista, os gestores de VG ficam escondidos no interior do prédio e não tratam de resolver a situação. Já outro manifestante acusou a gestora de gastar R$ 17 milhões na orla da Alameda, enquanto ficam a mercê da sorte.

Comentários Facebook
Leia mais:  Guarda Municipal atua em ações efetivas no combate ao coronavírus e intensifica ainda mais a fiscalização
Continue lendo

Fofoca Livre

Guarda Municipal atua em ações efetivas no combate ao coronavírus e intensifica ainda mais a fiscalização

Publicado

Relatório destaca alta de ocorrências em relação às ações de fiscalização em descumprimento as regras contra o coronavírus.

As ações de combate à disseminação do novo coronavírus, Covid-19, têm alterado a rotina da Guarda Municipal de Várzea Grande, instituição que surge como uma grande aliada na proteção coletiva a vida nesta época de pandemia. O trabalho diário tem sido tão intenso e necessário que o Relatório de Atendimento Operacional, referente ao primeiro quadrimestre desse ano, contabiliza 583 fiscalizações específicas no cumprimento das Normas e Decretos Municipais contra o Covid-19. Somente na passagem de março para abril as demandas registraram um aumento mensal de 116,84%, com o número de atendimentos passando de 184 para 399 no mês passado.

Vale lembrar, que essa nova atribuição da GM não pode ter comparação anual, já que as ações contra a doença tiveram início a partir de março, quando o primeiro caso confirmado de contágio foi registrado no País. No primeiro quadrimestre do ano passado não havia ações a nova rotina de quarentena.

Além dessas ações diretas contra a disseminação da doença, o relatório destaca incremento na chamada ‘Efetividade Preventiva’, que entre várias atuações, destacam-se as rondas nos bairros e junto aos prédios públicos, que aumentaram 21,64% na comparação entre os saldos de março e de abril. O relatório destaca uma alta mensal de 679 para 826.

O secretário municipal de Defesa Social e Comandante da Guarda Municipal, Evandro Homero Dias, destaca que o papel de Guarda Cidadã da corporação está mais atuante do que nunca. “Estamos focados no combate à doença, participando de ações integradas junto às demais forças de segurança, averiguando denúncias de aglomerações/festas/reuniões – atos proibidos- ,  que são feitas pela população e reforçando nossa presença nos bairros. Sem as rondas escolares, atividades diárias e de rotina da GM, estamos ampliando nossa atuação na área central, como também nos setores comerciais dos bairros, onde há uma tendência de fluxos concentrados”.

Leia mais:  Guarda Municipal atua em ações efetivas no combate ao coronavírus e intensifica ainda mais a fiscalização

As atuações da GM em ações integradas – junto à Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e à Vigilância Sanitária, por exemplo – contabilizam 58 diligências neste quadrimestre, sendo que 52 delas, realizadas somente nos meses de março (18) e abril (34).

Desde o Decreto Municipal de número 20, de 20 de março desse ano, que criou o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (Covid-19) de Várzea Grande, no qual a Guarda Municipal se tornou membro efetivo. “Ao longo da expansão de novos casos da doença e, principalmente, da eminência de alta taxa de contágio, a Guarda Municipal conquistou o poder de polícia, mas segue também atuando de maneira preventiva, estimulando a consciência coletiva para o momento bastante delicado”. Ainda como completa Homero, “As ações de fiscalização seguem enquanto as medidas restritivas estiverem em vigor. Estamos com guarnições específicas apoiando as fiscalizações no Município. O objetivo de todos é diluir as aglomerações, e manter o distanciamento social para evitar contaminação do novo coronavirus, e se o estabelecimento que for reincidente, no descumprimento das novas regras será interditado”, enfatiza.

“Vamos endurecer e reforçar nossa fiscalização, existe a pandemia, e temos que zelar pela Saúde Pública da população. Já fizemos ações de conscientização e agora é hora de endurecer. Todos tem que respeitar para evitar maior incidência da doença, as exigências de regras de funcionamento e a movimentação das pessoas e do direito de ir e vir de cada um, são respeitados, mas o distanciamento de 1,5 metros, uso de máscaras e meios de higienização e não aglomeração além da proibição de festas, precisam serem cumpridos. Estas regras são de proteção a vida, caso contrário, novas medidas mais endurecidas como um lockdown que é o fechamento de todos os serviços e a proibição das pessoas de saírem de suas casas, pode acontecer. Então vamos respeitar os Decretos Municipais”, alertou Homero.

Leia mais:  Servidores da prefeitura de Várzea Grande apresentam sintomas do coronavírus

A prefeitura de Várzea Grande, por meio do seu Poder de Polícia, poderá realizar o fechamento de qualquer evento privado que venha a reunir aglomeração de pessoas, e para essa ação, tem como principal aliado, a Guarda Municipal, como pontua o comandante.

BOA NOTÍCIA – Com as restrições impostas pelo período de quarentena, a GM vem contabilizando retração nos números de acidentes e notificações de trânsito. Os acidentes contabilizaram 337 registros, com clara redução ao longo do primeiro quadrimestre. Em janeiro foram 100, em fevereiro outros 104, em março passara a 78 e em abril, 55.

As notificações de trânsito fecharam o período com 6.565 documentos, que podem gerar multas aos condutores. Ao longo desses primeiros quatro meses do ano foram encolhendo, saindo de 656 em março para 537 no mês passado.

“O êxito das ações da Guarda Municipal está diretamente ligado à adesão da população. Independente de haver quarentena, ou não, a participação popular é importante, desde as denúncias que chegam ao 190, como ao obedecer às leis de trânsito e atualmente, ao se conscientizar das formas de controle e prevenção ao coronavírus, evitar aglomerações, usar máscaras, fazer uso de álcool e álcool em gel e principalmente, só sair de casa se houver realmente necessidade. A população tem de se conscientizar que o seu bem mais precioso é sua família. Que preservem a família!”, orienta o comandante.

Sobre denúncias de desrespeito às medidas de restrições, isolamento social e distanciamento, o comandante Homero frisa que é necessário que a população siga informando às autoridades em prol do bem comum.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana