Connect with us

A Prefeitura Municipal de Várzea Grande em sequência ao calendário anual de feriados e pontos facultativos decreta ponto facultativo no dia 4 março (segunda -feira), somente para Administração Pública, direta e indireta, já no dia 06 de março (quarta-feira), o expediente é facultativo apenas até às 12 horas, retornando o expediente normal de trabalho a partir das 13 horas. A terça-feira, 05 de março, já é feriado nacional.

O ponto facultativo é alusivo às festividades de Carnaval e ao feriado de Quarta-feira de Cinzas(6), o servidor deverá cumprir seu horário no expediente corrido de 13h às 18h.

Por esse motivo, de segunda a quarta-feira somente estarão funcionando os serviços essenciais como coleta de lixo, limpeza pública, de saúde, segurança, socorros urgentes, fiscalização, orientação de trânsito e vigilância, entre outros que em razão dos serviços executados não admitem paralisação. O Decreto nº 82, de 03 de dezembro de 2018, assegura que não afetará o funcionamento dos serviços essenciais do município.  

Para manter a ordem e segurança pública da população, a Guarda Municipal de Várzea Grande realiza uma Operação Educativa de Carnaval com foco na “Lei Seca” com panfletagem em pontos de intensa circulação de veículos no município. A ação teve início no dia 22 de fevereiro na Rotatória do Aeroporto Internacional Marechal Rondon e prossegue até a sexta-feira de Carnaval (01) de março. Todo o efetivo da GM está empenhado na realização desta mega tarefa que conta com escala do efetivo operacional e cobrirá os eventos tradicionais que ocorrem na cidade, em especial Bonsucesso e Passagem da Conceição, onde famílias se reúnem para celebrar as festividades carnavalescas.

Leia mais:  Campeões Mundiais em VG, o jogo das Estrelas será realizado em VG

O principal objetivo da atividade é proporcionar mais segurança no município conscientizando sobre os malefícios que envolvem direção x álcool.

Conforme o secretário da Defesa Civil e Comandante da Guarda Municipal, Evandro Homero Dias, uma operação especial foi elaborada pela Prefeitura, por meio da Secretaria, para garantir a tranquilidade da população várzea-grandense e de turistas no período que antecede e durante o período de Carnaval. “Todo o efetivo operacional estão escalados para participarem dessa ação pré-carnavalesca e também durante os quatro dias de festa”, pontuou.

Para viabilizar a mobilidade das equipes envolvidas, o esquema de segurança se fortalece com fiscalização ostensiva que inicia no sábado (02) de março e contará com presença ostensiva de viaturas em pontos distintos do perímetro urbano de Várzea Grande, com equipamentos de testes de bafômetro para prevenção de acidentes. “Álcool e direção não combinam, a campanha visa a diminuição de acidentes, com a garantia de um trânsito mais seguro com intuito de salvar vidas dos munícipes”.  

O comandante disse que é um período de conscientização aos condutores sobre a importância do uso do cinto de segurança, de respeitar os limites de velocidade e de não dirigir após consumir bebidas alcoólicas. “Essas ações são salutares para que as pessoas se conscientizem sobre o perigo da mistura de álcool com direção, principalmente no Carnaval, em que as pessoas acabam bebendo e extrapolando um pouco mais”.

Conforme o comandante da GM, Evandro Homero Dias, a ação visa coibir acidentes, embriaguez ao volante, armas, drogas, veículos roubados e outras situações. "A abordagem visa estabelecer a ordem pública. Estão sendo feitas as operações para tentar inibir quaisquer situações que venha trazer risco à vida das pessoas", explica.

Leia mais:  Suspeito é preso em flagrante por furto em oficina em Várzea Grande

A mega operação é uma força tarefa que estará em pontos de grande circulação na cidade para evitar a incidência de colisões graves e conflitos veiculares, aumentando a segurança viária. Vale destacar que a Guarda Municipal em parceria com a Secretaria de Assistência Social promove também dia (01), sexta-feira, das 7h às 11h da manhã, a Blitz Educativa – Prevenção e Combate a Violência e Exploração sexual “Carnaval é 100”. A ação educativa e orientativa ocorrerá em 5 pontos distintos do município,  Aeroporto Internacional Marechal Rondon; Rodoviária; Terminal André Maggi; Trevo do Lagarto e nos estabelecimentos comerciais do Grande Cristo Rei.  

“A blitz é de alta visibilidade e de caráter pedagógico, para que a população sinta a presença dos agentes nas ruas e evitem cometer infração, protegendo a vida e reduzindo a probabilidade de se envolver em acidentes. Essa operação desencadeada no feriado de Carnaval tem a meta de coibir o aumento de consumo de álcool, por ser uma época onde existem muitas festas carnavalescas, no qual naturalmente aumenta o consumo de bebidas”, explica o comandante. 

Homero assegura ainda que a tendência é reforçar essas mobilizações para criar a cultura do respeito às normas de trafegabilidade do veículo e condutor. “As blitzes serão realizadas em todos os turnos, inclusive de madrugada para evitar à ocorrência de acidentes de trânsito em decorrência a ingestão de álcool”.

A operação seguirá por pontos distintos da cidade, 24 horas por dia, até a quarta-feira de ‘Cinzas’ (06). 

Por: Cláudia Joséh – Secom/VG

Comentários Facebook
Advertisement

Várzea Grande

Prefeito participa de formatura do Proerd e destaca combate às Drogas

Published

on

Alunos da Rede Municipal de Ensino de Várzea Grande participam, nesta e na próxima semana, da formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). A cerimônia, além de marcar o encerramento das aulas, serve como incentivo e reforço das lições transmitidas durante o projeto, cujo objetivo é realizar a prevenção contra drogas nas escolas. Nesta segunda-feira (8), a formatura aconteceu para os alunos do 5º ano da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) José Estejo de Campos.

Presente no evento, o prefeito Kalil Baracat destacou a importância de projetos como o Proerd, que atuam na prevenção às drogas desde a infância, pois garantem para as crianças um futuro com mais possibilidades. “Ficamos muito felizes pela parceria com a Polícia Militar em diversos projetos que, como esse, ajudam a construir um futuro melhor para as nossas crianças”, afirmou.

Para o Secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SMECEL), Silvio Fidelis, projetos como o Proerd se encaixam na missão de educar para a formação cidadã das crianças e adolescentes do Ensino Fundamental. “Temos como ideal uma educação que seja capaz de desenvolver tanto o pedagógico das crianças, quanto o social, e programas como o Proerd, conduzidos em parceria com a Polícia Militar, somam em direção a esse objetivo”, disse.

O Proerd tem como base metodológica o modelo de tomada de decisões, que ensina as crianças a refletirem sobre suas escolhas em quatro etapas: parar; pensar; analisar e ver. O objetivo é reforçar a autonomia e impedir que más escolhas sejam feitas por impulso ou pressão.

Leia mais:  Definido consórcio de empresas que construirá 46 estações de ônibus rápido em Cuiabá-Várzea Grande no lugar do VLT

“O trabalho do programa é realizado em uma pedagogia socioconstrutivista, de forma que a criança aprende tudo pela relação com o policial que vai à sala de aula, fardado, para as aulas”, explica o Cabo PM Romoaldo, instrutor do Proerd, e completa, afirmando que o programa também atua para conscientizar os alunos sobre suas responsabilidades com o meio escolar e com a comunidade, ensinando respeito e disciplina.

“Além dos benefícios para os alunos e a comunidade, o Programa também ajuda a polícia a se aproximar da sociedade, estabelecendo um vínculo entre as crianças e os instrutores policiais, incluindo estes agentes nas diferentes comunidades”, completa Romoaldo.

A professora Rose Araújo, do 5º ano, destaca que o projeto também ajuda na sala de aula, pois as crianças aprendem mais sobre respeito e disciplina. “Nossos alunos participaram bastante, aprenderam muitas coisas, então acredito que vão poder fazer escolhas melhores desde agora”, disse.

Para Nawaly Azevedo, mãe de Nauane Gabrielly, o projeto representou mudanças importantes na filha e um estímulo importante para que ela continue num caminho sem drogas e sem violência.

Além da formatura, a cerimônia marcou a premiação de dois alunos como destaques na redação, Filipe Franca e Yasmin dos Santos. Essa última disse que o programa a ajudou a ter mais responsabilidade e, principalmente, ser mais confiante de si. “Foi muito legal e acho que vai ser bom para o meu futuro, porque ensina coisas importantes”, completou.

Leia mais:  Saúde em Várzea Grande amplia atendimentos em todos os setores

A Superintendente Pedagógica da SMECEL, Luz Marina da Silva, destacou o Proerd como um programa já tradicional na Rede Municipal e que se aprimora a cada ano. “Ficamos muito contentes de ver também a participação da comunidade, prestigiando aqui o evento, pois se trata de um programa com uma missão muito importante de afastar as nossas crianças das drogas e da violência”, concluiu.

O evento também contou com a participação da Banda de Música de Várzea Grande e do Superintendente de Cultura, professor Joilson. Os próximos formandos serão os alunos das EMEB Ana Francisca de Barros; Aristides Pompeo de Campos; Rita Auxiliadora de Campos Cunha; Faustino Antônio da Silva e Dirce Leite de Campos, respectivamente.

No segundo semestre de 2022, 26 turmas do 5º ano da rede municipal receberão o projeto, nas EMEB Demétrio de Souza; Heróclito Leôncio Monteiro; Manoel Correa de Almeida; Mercedes de Paula Sôda; Marilce Benedita de Arruda; Líbia da Costa Rondon; Lenine de Campos Póvoa e Lúcia Leite Rodrigues.

fonte – varzea grande mt gov

Comentários Facebook
Continue Reading

Várzea Grande

Três homens são presos por suspeita de falsificar diplomas em Várzea Grande (MT)

Published

on

Três homens foram presos em flagrante, nesta terça-feira (9), em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, sob suspeita de integrarem uma quadrilha de falsificação de diplomas e documentos, segundo a Polícia Militar.

De acordo com o 1º tenente Góes, o chamado inicial era para atender uma ocorrência de roubo de veículo. Contudo, quando os militares fizeram a abordagem do carro suspeito, encontraram diversos diplomas e documentos falsos.

Segundo o tenente, essa prática é conhecida como “golpe do seguro”.

“Tudo começou com uma ocorrência de roubo de veículo, que localizamos na Avenida Mário Andreazza em Várzea Grande. Fizemos a abordagem e dois suspeitos desceram do carro, então vimos que dentro do carro tinha diversos certificados. Eram falsificadores de documentos e estavam indo fazer uma entrega. Continuamos o acompanhamento e identificamos a pessoa que iria receber o certificado”, disse.

Os suspeitos irão responder pelos crimes de estelionato, falsificação de documento público, formação de quadrilha e roubo, de acordo com a PM.

fonte – g1

Comentários Facebook
Continue Reading

Mais Lidas da Semana