Cuiabá

Ouvidoria Geral de Cuiabá tem novo titular para os próximos dois anos

Publicado em

Fazer da Ouvidoria uma porta de entrada para o cidadão na gestão do Município. Esse é o objetivo principal do administrador, pós-graduado em gestão pública, Heitor Geraldo Reyes, de 56 anos, que assumiu, na última semana, a função de novo ouvidor-geral do Município. Escolhido após a análise de listas tríplices indicadas por diversas entidades representativas da sociedade civil, Heitor fica no cargo pelos próximos dois anos.

Durante esse período, o novo ouvidor-geral tem a missão de implantar no órgão uma metodologia inovadora, que deve facilitar a aproximação da população à Prefeitura de Cuiabá. Para isso, foram estabelecidas metas específicas como: organizar as informações solicitadas, diminuir o tempo de resposta nas demandas, modernizar o acesso à comunicação e dar continuidade ao processo de transparência nos atos da Administração Pública.

Com a experiência de ter atuado por oito anos na Ouvidoria Setorial da Junta Comercial do Estado de Mato Grosso (Jucemat), Heitor comenta que, de acordo com seu planejamento inicial, a ideia é implantar ferramentas que irão facilitar o diálogo com o munícipe. Segundo ele, em seu período na Jucemat foi possível alcançar um nível de satisfação de 97% nas respostas das demandas e é isso que será trazido para o Executivo.

Leia mais:  SUGESTÃO DE PAUTA – Pinheiro lança projeto inédito em MT para tratamento de AVC

“Em sua maioria, as demandas eram solucionadas em 24 horas. Aqui na Prefeitura, vamos buscar diminuir esse prazo nas respostas também. O principal fator que temos que ter atenção é esse. O cidadão quer se sentir ouvido e esse é nosso papel. Por exemplo, se um alguém apresenta um problema, devemos ser ágeis e transparentes. Ainda que nossa resposta não seja a esperada naquele momento, é fundamental que o retorno seja dado”, explica o ouvidor-geral.

O titular da Controladoria Geral do Município, Marcus Brito, relata que diversas ações devem ser encadeadas nos próximos anos, fazendo com que Cuiabá se coloque na frente de grande parte das cidades brasileiras. “A ouvidoria tem um papel de organizar as informações que são da gestão pública em relação à necessidade da população. Dessa forma, a figura do ouvidor é extremamente importante, principalmente por ser ele mais um representante do povo dentro da gestão pública”, comenta Brito.

A Ouvidoria

A Ouvidoria Geral do Município de Cuiabá foi criada pela Lei Complementar 137 de 17 de Janeiro de 2006 e teve sua estrutura orgânica e hierárquica criada por meio da Lei Complementar 225 de 29 de dezembro de 2010. No ano seguinte passou por uma reestruturação por meio da Lei Complementar 250 de 15 de julho de 2011. As competências legais da Ouvidoria Geral do Município estão elencadas no artigo 2º desta lei.

Leia mais:  Secretário de Ordem Pública apresenta novo gestor do Procon Municipal

Conforme a legislação, a Ouvidoria tem por finalidade promover o exercício da cidadania, acolhendo, e encaminhando e acompanhando sugestões, reclamações, denúncias, reivindicações e elogios relativos à prestação de serviços públicos municipais em geral. Também cabem ao órgão as representações contra o exercício negligente ou abusivo de cargos, empregos e funções do Poder Executivo Municipal.

A Ouvidoria Geral do Município está localizada Prefeitura de Cuiabá – 5º Andar. O cidadão que necessitar dos serviços do órgão também pode fazer pelo telefone 0800 645 01 56; E-mail: [email protected]; e pelo endereço eletrônico http://ouvidoria.cuiaba.mt.gov.br/. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Comentários Facebook
Advertisement

Cuiabá

Cuiabá confirma mais dois casos de Monkeypox

Published

on

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica, informa:

– Mais dois casos de Monkeypox (Varíola dos Macacos) foram confirmados em Cuiabá; 

– Os dois casos em investigação são referentes a homens, um de 26 e o outro de 44 anos, ambos sem histórico de viagens; 

– Os dois pacientes já foram informados e estão em isolamento domiciliar; 

– Diariamente, a equipe de Vigilância monitora os pacientes, sempre em acordo com as medidas de biossegurança para evitar o possível contágio; 

– Os dois pacientes suspeitos apresentam lesões características da doença, mas sem nenhuma complexidade;

– Os dois indivíduos irão permanecer em isolamento até o desaparecimento completo das lesões (cerca de 2 a 3 semanas, ou até 21 dias).

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Sine oferece 26 vagas para PCD nesta semana; confira
Continue Reading

Cuiabá

Palácio Alencastro fica lilás em prol da campanha de combate à violência contra a mulher

Published

on

A Prefeitura de Cuiabá adotou, para todo esse mês, o lilás como cor de destaque na iluminação de sua fachada. A iniciativa foi implementada em alusão à campanha nacional “Agosto Lilás”, que fortalece as ações de prevenção e de enfrentamento à violência contra a mulher. Neste ano, o movimento também marca o aniversário de 16 anos da criação da Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006).

“É um ato simbólico que representa o combate contra as diversas formas de violência que a mulher enfrenta diariamente. Nossa gestão tem buscado incentivar a criação de políticas públicas voltadas para o público feminino e a adesão ao Agosto Lilás é mais uma ferramenta fundamental nessa luta por igualdade de gênero”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

Segundo a secretária municipal da Mulher, Cely Almeida, nesse mês de agosto a pasta conta com uma programação específica com roda de conversa, panfletagem, seminários, palestras dentre outras atividades, com o objetivo de conscientizar cada vez a população sobre a importância do combate à violência contra a mulher.

Leia mais:  Sugestão de Pauta: Prefeitura homenageia lideranças comunitárias e lança super ação em prol da mulher

“As denúncias no enfrentamento desse grave problema não devem partir apenas da vítima, mas sim de qualquer pessoa que perceber os atos de agressões, que podem ser físicos, psicológicos, sexuais, morais e patrimoniais”, afirma Cely Almeida.

Além de iniciativas como a criação do Espaço de Acolhimento à Mulher, a Secretaria Municipal da Mulher desenvolve, de forma contínua, diversos outros projetos. Entre eles estão: Solidariedade em Ação, Mulheres em Ação, Mulheres que Mudam Cuiabá, Sorriso Protetor, Mãos Amigas, Obras da Casa da Mulher Brasileira, Cartilha contra o Assédio Moral e Sexual e Cuiabá por elas, Parada Segura e Meu corpo não é corrimão.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana