Sem categoria

Novos emojis são anunciados para 2019 e um vira piada na internet; entenda

Publicado em


Entre os novos emojis que serão disponibilizados em 2019, o
Rerprodução/Emojipedia

Entre os novos emojis que serão disponibilizados em 2019, o “pinching hand” fez sucesso entre os internautas


A Emojipedia, catálogo de emojis que divulga as atualizações da Unicode, responsável pelo padrão de caracteres internacional, publicou, nesta quarta-feira (6), as novidades para 2019.

Leia também: Como fazer figurinhas do WhatsApp no Android e no iPhone

Entre os lançamentos do ano, como novas cores de corações, estilos de carinhas, bonequinhos com deficiência física, alimentos e animais, um dos emojis
chamou a atenção dos internautas e rapidamente virou piada na internet.

Com nome oficial de pinching hand, algo como “mão de pinça”, em português, a novidade fez sucesso com os internautas de todo o mundo. No Brasil, o novo emoji
foi apelidado de ” mixuruca
.” Confira a imagem:


Associado a coisas muito pequenas, a brincadeira foi longe e as redes sociais se enxeram com possíveis significados para o símbolo. Entre os possíveis sentidos, os usuários falaram em tamanho da vontade de viver, da paciência que ainda lhes resta e lembraram, inclusive, do tamanho de seus salários. 

Muitas postagens fazem referência ao bordão “e o salário, ó”, que Chico Anysio utilizava durante o programa Escolinha do Professor Raimundo para se refir ao pouco pagamento que recebia. Veja:

Leia mais:  Marina Ruy Barbosa posa de biquíni e recebe elogios dos famosos

Leia mais:  Leitores do iG têm 10% de desconto na compra de um Kindle

Entre as piadas, o significado que realmente fez mais sucesso no mundo virtual foram as brincadeiras que relacionam a figura à um sentido sexual.  Para os usuários do Twitter, o emoji será usado para fazer referência ao tamanho do órgão reprodutor masculino.

 Leia também: Jovem pesa PlayStation como se fosse fruta e é preso após pagar R$ 37 no console

 Outras novidades do pacote de emojis


Para conferir a lista completa de novos emojis, clique aqui
. De acordo com o Unicode, as atualizações fazem parte do pacote 12.0 e estarão disponíveis a partir do dia 5 de março. Ao todo, são 72 emojis
novos: 75 se levarmos em conta as variações de gênero e 230 com as distinções de cores de pele.

Comentários Facebook
Advertisement

Política VG

Vereador/VG se “despede” de entidade; sai a Federal e mira votação histórica de Curvo

Published

on

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o Vereador por Várzea Grande, Bruno Lins Rios se licenciou da UCMMAT (União das Câmaras de Mato Grosso), para alçar vôo  mais alto. Empossado na entidade em 2021, Rios terá pela frente dois adversários de peso no partido, sendo a primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Morais e o Deputado Estadual, Alan Kardec. O vereador poderá se engajar exclusivamente como representante de Várzea Grande, já que outro pretendente ao mesmo cargo, o Vereador Rogerinho Dakar (PSDB), vê sua sigla “derretendo”. A idéia de Bruno é “bombar” na cidade industrial, para isso vêm se cacifando financeiramente e logicamente formar dobradinhas, dentre as metas, uma delas é aproximar da histórica votação em 2006 do ex-vereador Chico Curvo, batendo 37 mil votos.

 

 

fonte Oempallador

Comentários Facebook
Leia mais:  Horóscopo do dia: previsões para 19 de março de 2020
Continue Reading

Sem categoria

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Published

on


source
Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 08.03.2022

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Dentre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto,  o presidente Jair Bolsonaro é o que apresenta o maior índice de rejeição, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira: 55% dos entrevistados afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. O desempenho é melhor que o apresentado na última pesquisa do instituto, quando essa porcentagem chegou a 60%. As duas pesquisas, contudo, não são diretamente comparáveis, já que houve mudanças na lista de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem ocupa a segunda colocação no ranking, com rejeição de 37%. Na sequência, vêm o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 30%; o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 26%; e o ex-governador Ciro Gomes (PDT), que registrou 23% no índice.

Em um segundo bloco, com números menores, estão o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), com 14%; Vera Lúcia (PSTU), que registrou 13% de rejeição; Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP), ambos com 12%; e Felipe D’Ávila (Novo), que marcou 11%.

Leia mais:  Flopou? Facebook diz que há chances da criptomoeda Libra não ser lançada

Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para o governador João Doria, avalia um convite do PSD para concorrer à Presidência, além da possibilidade de concorrer pelo próprio PSDB no lugar de Doria — hipótese estimulada por aliados.

Leia Também

A baixa rejeição a nomes do segundo bloco, no entanto, passa também pelo grau de conhecimento desses pré-candidatos entre os eleitores. Lula é o mais conhecido pelos entrevistados: 99% disseram saber quem ele é. O presidente Jair Bolsonaro tem índice de 98%, enquanto 90% afirmaram conhecer Sergio Moro. Ciro Gomes tem 89% de conhecimento e Doria, 80%.

Dos entrevistados, 42% dizem conhecer o governador Eduardo Leite, 31% conhecem Vera Lúcia e 30%, Felipe D’Ávila. A senadora Simone Tebet registra índice de 28%, enquanto Leonardo Péricles tem 20% de conhecimento.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana