Connect with us

Terça-feira (26) é dia de Paredão no “BBB 19” e, por mais pacífica que esteja a edição, uma pessoa deixará a casa mais vigiada do Brasil. Na berlinda estão Alan, Tereza e Isabela. Em uma enquete, o iG Gente
perguntou quem deveria ser o eliminado da semana e o público respondeu: com 49% do votos Isabella foi eleita para deixar o reality show, seguida da estudante de medicina está Tereza com 30% e Alan com 21% dos votos válidos.

Leia também: Resistência do elenco às brigas desafia tolerância da audiência ao “BBB 19”


Isabella do
Divulgação / Globo

Isabella do “BBB 19”

Natural do Rio Grande do Norte, Isabella entrou no “ BBB 19
” sem provocar grandes expectativas no público. Durante seu confinamento, ela protagonizou (sem saber) uma polêmica ao dizer que já foi Miss RN em 2016. Refutando a fala da sister, Georgiano Azevedo, organizador do evento, alegou nas redes que a loira havia ficado em terceiro lugar. Danielle Marion, a detentora da coroa, também comentou em seu Instagram sobre a situação. “Achei desonesto”.

Leia mais:  Indispensável na trama, o vilão conquista o público e não passa despercebido

Leia também: Ficou no quase! Cinco vezes que o “BBB 19” flertou com a treta

Dentro do confinamento, as polêmicas também orbitaram a jornada de Bella, como é chamada pelos mais íntimos. Logo no início do reality show
a loira demonstrou desconforto com ronco de Rodrigo, no entanto, os demais participantes no dormitório também sofriam com episódios de ressono. Isso desencadeou reações na internet, que deram vazão a um discurso sobre racismo na edição.

Recentemente, antes de sua saída, o descontentamento da loira com Rodrigo voltou quando o elenco teve de ficar, praticamente, uma semana acorrentado. No momento, Isabella chorou, mas não reclamou para os demais participantes, marcando o maior conflito dela na casa.

Sangrando com a escassez de brigas e vilões, a edição têm preocupado a produção do programa, que em notável sucessão de movimentos vem  tentando criar atritos dentro da casa mais vigiado do Brasil. Sem sucesso, a temporada têm sido apelidada pelos internautas de “Big Brother da Paz” e “Big Planta Brasil”.

Leia mais:  10 sandálias lindas (e em conta) para você se presentear

Com a postura pacifista e tímida de Alan no programa e Tereza sem uma estratégia, de jogo, Isabella era uma das participantes que mais estava movimentando o jogo da
Rede Globo

.

Leia também: Ela merece? Motivos para manter, ou não, Isabella no “BBB 19”

O ” BBB 19
” vai ao ar de segunda à segunda na Rede Globo
. Após a eliminação desta terça-feira (26) ficarão 10 participantes remanescentes na disputa pelo prêmio de R$1,5 milhão.

Comentários Facebook
Advertisement

Política VG

Vereador/VG se “despede” de entidade; sai a Federal e mira votação histórica de Curvo

Published

on

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o Vereador por Várzea Grande, Bruno Lins Rios se licenciou da UCMMAT (União das Câmaras de Mato Grosso), para alçar vôo  mais alto. Empossado na entidade em 2021, Rios terá pela frente dois adversários de peso no partido, sendo a primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Morais e o Deputado Estadual, Alan Kardec. O vereador poderá se engajar exclusivamente como representante de Várzea Grande, já que outro pretendente ao mesmo cargo, o Vereador Rogerinho Dakar (PSDB), vê sua sigla “derretendo”. A idéia de Bruno é “bombar” na cidade industrial, para isso vêm se cacifando financeiramente e logicamente formar dobradinhas, dentre as metas, uma delas é aproximar da histórica votação em 2006 do ex-vereador Chico Curvo, batendo 37 mil votos.

 

 

fonte Oempallador

Comentários Facebook
Leia mais:  Melhor que Black Friday: Dia dos Solteiros chega ao Brasil com descontos de 70%
Continue Reading

Sem categoria

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Published

on


source
Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 08.03.2022

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Dentre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto,  o presidente Jair Bolsonaro é o que apresenta o maior índice de rejeição, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira: 55% dos entrevistados afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. O desempenho é melhor que o apresentado na última pesquisa do instituto, quando essa porcentagem chegou a 60%. As duas pesquisas, contudo, não são diretamente comparáveis, já que houve mudanças na lista de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem ocupa a segunda colocação no ranking, com rejeição de 37%. Na sequência, vêm o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 30%; o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 26%; e o ex-governador Ciro Gomes (PDT), que registrou 23% no índice.

Em um segundo bloco, com números menores, estão o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), com 14%; Vera Lúcia (PSTU), que registrou 13% de rejeição; Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP), ambos com 12%; e Felipe D’Ávila (Novo), que marcou 11%.

Leia mais:  Karametade está de volta! Vavá e Márcio anunciam retorno do grupo de pagode

Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para o governador João Doria, avalia um convite do PSD para concorrer à Presidência, além da possibilidade de concorrer pelo próprio PSDB no lugar de Doria — hipótese estimulada por aliados.

Leia Também

A baixa rejeição a nomes do segundo bloco, no entanto, passa também pelo grau de conhecimento desses pré-candidatos entre os eleitores. Lula é o mais conhecido pelos entrevistados: 99% disseram saber quem ele é. O presidente Jair Bolsonaro tem índice de 98%, enquanto 90% afirmaram conhecer Sergio Moro. Ciro Gomes tem 89% de conhecimento e Doria, 80%.

Dos entrevistados, 42% dizem conhecer o governador Eduardo Leite, 31% conhecem Vera Lúcia e 30%, Felipe D’Ávila. A senadora Simone Tebet registra índice de 28%, enquanto Leonardo Péricles tem 20% de conhecimento.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Comentários Facebook
Continue Reading

Mais Lidas da Semana