Sem categoria

Jovem consegue perder peso, elimina 152 kg e retira pele solta após pesar 233 kg

Publicado em

Brittany May, de 26 anos, sempre foi a maior garota da sala durante o período escolar. Isso porque a comida era uma parte importante de sua vida. Qualquer sentimento que tivesse – felicidade, tristeza ou tédio – fazia com que ela olhasse os alimentos como parceiros
. Eles eram seu foco em todas as comemorações. Na época, perder peso não era uma preocupação.


Em um intervalo de dois anos. Brittany May perdeu 152 kg e explica o que ela faz para mudar sua rotina e ficar mais saudável
Reprodução/Instagram/miss_itty_britty

Em um intervalo de dois anos. Brittany May perdeu 152 kg e explica o que ela faz para mudar sua rotina e ficar mais saudável

Quando entrou na idade adulta, Brittany não sabia o que significava ter um relacionamento saudável com as comidas. Em vez disso, ela comia em quantidade excessiva, repetia as refeições e beliscava com frequência. O alerta de que era necessário perder peso
veio pouco tempo depois.

Em 2016, ela conseguir o emprego dos seus sonhos: ser professora de agricultura. No entanto, percebeu que seu peso dificultava sua capacidade de fornecer aos alunos a experiência que eles mereciam. “Eu não poderia caber atrás do volante da van da escola para levá-los em viagens de campo, por exemplo”, relata ao portal Women’s Health

Depois de uma reunião do colégio, uma amiga, ciente de sua situação, apresentou-lhe um programa de perda de peso que acreditava ser útil para ajudá-la. “Decidi experimentar por um mês. Achei que não tinha nada a perder, mas tive que me pesar antes de começar. Precisei usar uma balança industrial que marcou 233 kg”, detalha. 

Leia mais:  Adeus, chaves: iPhone pode ser usado para dar partida em carro

Mudanças que levaram Brittany a perder peso 


Brittany precisou usar uma balança industrial que marcou 233 kg antes de começar a, de fato, perder peso e mudar de vida
Reprodução/Instagram/miss_itty_britty

Brittany precisou usar uma balança industrial que marcou 233 kg antes de começar a, de fato, perder peso e mudar de vida

A partir daquele momento, sua opiniões sobre a  comida
mudaram drasticamente. Era hora de emagrecer. “Comecei a vê-la como combustível. Só quero alimentar o meu corpo com aquilo que me faz sentir bem, o que significa muitos vegetais e proteínas magras. Durante as reuniões familiares, não me concentro nos alimentos. Em vez disso, dou atenção à família”, expõe. 

Além de fazer mudanças na alimentação, Brittany passou, pouco a pouco, a fazer outras alterações em sua rotina. Com isso, passou a adotar hábitos saudáveis, como estacionar o carro mais longe ou dar uma volta extra pelos corredores da escola. Eventualmente, também começou a fazer caminhadas

Sua mente também foi transformada. Ela deixou de ver a academia como um lugar de punição e passou a vê-lo como um espaço de celebração. “Comecei apenas com equipamentos de cardio e, com o tempo, adicionei aulas de ginástica em grupo. Agora, participo de treinamentos de boot camp para testar meu corpo”, detalha. 

Leia mais:  Primeiro show da turnê “Nossa História” de Sandy e Júnior acontece em Recife

Em dois anos, veio o resultado: 152 kg a menos. Junto com ele, o excesso de pele – mas um procedimento cirúrgico foi feito para removê-lo. “Eu tinha a pele solta na maior parte do corpo, mas estava com foco nas coxas. Minha cirurgia ocorreu em 14 de janeiro de 2019 e levou quase 14 horas. Foram retirados quase 6 kg de pele”, explica. 

Para quem quer emagrecer
, Brittany dá um conselho. “Para aqueles que procuram iniciar sua jornada para a saúde, eu diria que é um dia e um hábito de cada vez. Não fique sobrecarregada com querer perder um grande número de quilos. Dê pequenos passos e faça um plano. Não deixe que algum momento te atrapalhe”, relata. 

A mulher ainda conta que perder peso
mudou todos os aspectos de sua vida. “Eu finalmente aprendi a me amar completamente. Isso me ajudou a ampliar meu círculo social. Essa jornada também me preparou para ser uma mãe algum dia. Agora, posso sonhar em ter uma gravidez saudável
, estar totalmente presente na vida de meus filhos e ter certeza de que eles sabem tudo sobre saúde e nutrição desde o primeiro dia”, finaliza.

Comentários Facebook
Advertisement

Política VG

Vereador/VG se “despede” de entidade; sai a Federal e mira votação histórica de Curvo

Published

on

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o Vereador por Várzea Grande, Bruno Lins Rios se licenciou da UCMMAT (União das Câmaras de Mato Grosso), para alçar vôo  mais alto. Empossado na entidade em 2021, Rios terá pela frente dois adversários de peso no partido, sendo a primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Morais e o Deputado Estadual, Alan Kardec. O vereador poderá se engajar exclusivamente como representante de Várzea Grande, já que outro pretendente ao mesmo cargo, o Vereador Rogerinho Dakar (PSDB), vê sua sigla “derretendo”. A idéia de Bruno é “bombar” na cidade industrial, para isso vêm se cacifando financeiramente e logicamente formar dobradinhas, dentre as metas, uma delas é aproximar da histórica votação em 2006 do ex-vereador Chico Curvo, batendo 37 mil votos.

 

 

fonte Oempallador

Comentários Facebook
Leia mais:  Primeiro show da turnê “Nossa História” de Sandy e Júnior acontece em Recife
Continue Reading

Sem categoria

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Published

on


source
Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 08.03.2022

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Dentre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto,  o presidente Jair Bolsonaro é o que apresenta o maior índice de rejeição, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira: 55% dos entrevistados afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. O desempenho é melhor que o apresentado na última pesquisa do instituto, quando essa porcentagem chegou a 60%. As duas pesquisas, contudo, não são diretamente comparáveis, já que houve mudanças na lista de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem ocupa a segunda colocação no ranking, com rejeição de 37%. Na sequência, vêm o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 30%; o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 26%; e o ex-governador Ciro Gomes (PDT), que registrou 23% no índice.

Em um segundo bloco, com números menores, estão o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), com 14%; Vera Lúcia (PSTU), que registrou 13% de rejeição; Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP), ambos com 12%; e Felipe D’Ávila (Novo), que marcou 11%.

Leia mais:  Marcelo Adnet revela ter sofrido 2 abusos sexuais na infância

Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para o governador João Doria, avalia um convite do PSD para concorrer à Presidência, além da possibilidade de concorrer pelo próprio PSDB no lugar de Doria — hipótese estimulada por aliados.

Leia Também

A baixa rejeição a nomes do segundo bloco, no entanto, passa também pelo grau de conhecimento desses pré-candidatos entre os eleitores. Lula é o mais conhecido pelos entrevistados: 99% disseram saber quem ele é. O presidente Jair Bolsonaro tem índice de 98%, enquanto 90% afirmaram conhecer Sergio Moro. Ciro Gomes tem 89% de conhecimento e Doria, 80%.

Dos entrevistados, 42% dizem conhecer o governador Eduardo Leite, 31% conhecem Vera Lúcia e 30%, Felipe D’Ávila. A senadora Simone Tebet registra índice de 28%, enquanto Leonardo Péricles tem 20% de conhecimento.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana