Várzea Grande

IV Conferência Municipal do Idoso será realizada no dia 15 de fevereiro, em Várzea Grande

Publicado em

A secretaria de Assistência Social promove em 15 de fevereiro, a IV Conferência Municipal do Idoso. Com a temática “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”, o evento acontecerá no Centro Pastoral Padre Aldacir Carniel (CEPAC), Centro, das 7h às 18h. O objetivo da conferência é servir como espaço de debate das ações voltadas aos idosos do Município. A Conferência pautará as propostas para as conferências estadual e nacional.

A secretária de Assistência Social, Flávia Omar disse que o seminário é fundamental para o debate sobre os direitos dos idosos. “O Brasil tem visto a expectativa de vida de população ser ampliada nos últimos anos, logo, garantir uma qualidade de vida melhor para os idosos é um dever do Estado e é nas conferências que nós fortalecemos o movimento que vai fazer com que esses direitos sejam assegurados, garantidos e cumpridos”, frisou a secretária.

Ainda de acordo com a secretária, a conferência é importante porque ela vai pautar as discussões que serão levadas para as conferências estadual e nacional que acontecem este ano. “É na conferência que nós discutimos a necessidade de calçadas mais largas, rampas de acesso, barras de corrimão, banheiros públicos acessíveis, diminuição da espera nas filas dos bancos, entre outros assuntos, por uma vida produtiva. Por isso é importante que a participação seja expressiva neste evento municipal”, destacou Flávia.

Leia mais:  Governo de MT investe R$ 236 milhões na construção e reforma de escolas de Cuiabá e Várzea Grande

Na ocasião, serão debatidos assuntos referentes à política municipal de atendimento ao idoso, e as conclusões serão repassadas para as etapas regional e estadual, que são preparatórias para a Conferência Nacional. Também serão eleitos delegados para representar Várzea Grande nessas fases.

Na IV Conferência serão debatidos os eixos com especialistas se subdividindo em quatro grupos. Gestão, Financiamento, Participação e Violência e Abandono nortearão as discussões. Os resultados serão levados às autoridades durante a IV Conferência Estadual do Idoso. 

Por: Cláudia Joséh – Secom/VG

Comentários Facebook
Advertisement

Várzea Grande

Prefeitura de Várzea Alegre monta estrutura para retomada da Festa de Agosto

Published

on

Estão acelerados os preparativos para a Festa de Agosto 2022 em Várzea Alegre, de 21 a 31 deste mês.

A Prefeitura de Várzea Alegre iniciou a montagem do Barracão Cultural Poeta Francisco de Sousa Sobrinho e das tendas na Av. Luiz Afonso Diniz no último sábado, 13 de agosto.

Segundo Maria Luiz Sátiro, que responde pelo NAT – Núcleo de Administração Tributária, a previsão é que a montagem das tendas seja concluída nesta terça-feira, 16 de agosto.

O Barracão Cultural terá área de 700 metros quadrados e esse ano, na 18ª edição, trabalhará o tema “Louceiras – o barro em mãos talentosas”, segundo informou Toinha Pereira – secretária de Cultura e Turismo de Várzea Alegre.

De acordo com Maria Luiza, este ano estão sendo instaladas 40 tendas para venda de bebidas e comidas e 4 barracas para venda de drinks, com trabalhos de 31 barraqueiros.

Como novidades, este ano terá uma barraca especializada na venda de doces e a plataforma 360º como destaque de mídia.

Quanto aos preços que os comerciantes pagaram para negociar durante a festa, a tenda com área 5×5 teve investimento de R$ 1.000,00, área 3X3, R$ 600,00 e com área 2X2, R$ 500,00.

Leia mais:  Governo de MT investe R$ 236 milhões na construção e reforma de escolas de Cuiabá e Várzea Grande

Para abastecer de bebidas esses comerciantes, a Prefeitura fechou parceria com uma empresa de Várzea Alegre, o que evita exclusividade de produto e os comerciantes terão liberdade para vender diversas marcas de cerveja.

Parque de diversões

Com chamada pública feita pela Prefeitura de Várzea Alegre, o Parque de Diversões Recife, por melhor oferta, pagou antecipadamente a soma de R$ 30 mil, dinheiro depositado na conta da Prefeitura, para uso do espaço público. A montagem do parque deve começar dia 18 de agosto.

Moradores

Os moradores da Av. Luiz Afonso Diniz e das ruas José Correia Sobrinho, Profa. Socorro Rolim e Murilo Ribeiro, que têm as frentes e garagens de suas casas tomadas pelas instalações das tendas, em entendimento com a Prefeitura, estacionam seus veículos automotores em terreno fechado e com vigilância, no Alto Santo Center.

Xand Avião

Fora do circuito da Av. Luiz Afonso Diniz, a festa terá grande show público, na noite de 24 de agosto, com a presença do forrozeiro Xand Avião no Parque Cívico São Raimundo Nonato.

Leia mais:  Polícia Civil prende dupla de traficantes que atuava em frente a escola em Várzea Grande

Retomada

A programação social da Festa de Agosto é retomada após dois anos da pandemia de Covid-19. Há grande expectativa da população, da cidade e da região, para o evento público.

A Festa de Agosto transcorre em paralelo aos festejos religiosos ao padroeiro da cidade, São Raimundo Nonato.

Assessoria de Comunicação

Reportagem: Marco Filho

fonte – varzea alegre

Comentários Facebook
Continue Reading

Várzea Grande

Prefeitura de Várzea Grande desmarca reunião em cima da hora; categoria discutirá greve

Published

on

A equipe de secretários do prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, não compareceu a uma reunião previamente agendada com lideranças do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso da central e da subsede no município. A agenda marcada para esta segunda-feira (15), iria tratar de duas pautas primordiais para a categoria: o rateio das sobras do Fundeb e o reajuste do Piso Salarial, conforme o Piso Nacional estabelecido para os profissionais do magistério.

O presidente do Sintep-MT, Valdeir Pereira, criticou a falta de respeito da gestão municipal de Várzea Grande, para com os trabalhadores da Educação. “Desmarcar uma reunião em cima da hora, mostra como a administração trata os educadores, com total desrespeito. Infelizmente, a gestão municipal não se mostra aberta ao diálogo, ignora as reivindicações legítimas da categoria. Diante disso, não temos outra escolha a não ser caminhar para a possibilidade de uma greve dos trabalhadores da Educação de Várzea Grande, com a paralisação das nossas atividades, até sermos ouvidos e atendidos em nossas pautas”, disse o sindicalista.

Leia mais:  Moradores denunciam e rapaz confessa aplicar golpes em Várzea Grande

O presidente da Subsede do Sintep em Várzea Grande, Juscelino Moura, destaca a união dos educadores na luta pelos direitos da categoria. “Faço essa convocação para todos os profissionais da educação, para que se juntem ao sindicato em nossos atos e protestos. A administração pública em Várzea Grande tem a cultura de perseguir os servidores, especialmente aqueles que não ficam passivos diante desses ataques aos nossos direitos; mas apesar disso, reitero que não devemos ter medo, porque a própria legislação está do nosso lado, quando pleiteamos o reajuste salarial conforme o piso nacional. Quanto ao rateio, temos provas que o município tem condições de pagar”, disse.

O Assessor Jurídico da subsede do Sintep, Dr. Bruno Boaventura, também destacou a questão dos recursos não utilizados do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). “O que temos a dizer do ponto de vista jurídico é que a prefeitura de Várzea Grande gasta hoje cerca de 42% da receita corrente líquida com gasto em pessoal. Ou seja, a prefeitura tem condições financeiras orçamentárias de pagar o rateio do Fundeb e de pagar o piso conforme a lei. A Assessoria Jurídica do Sintep vai acionar novamente o Ministério Público Federal para que um inquérito quanto à aplicação da lei do rateio do Fundeb seja regularizado e seja proposta pelo MPF, uma ação por improbidade administrativa contra o prefeito Kalil e também contra o secretário de Educação do município”, disse o advogado Bruno Boaventura.

Leia mais:  Polícia Civil prende dupla de traficantes que atuava em frente a escola em Várzea Grande

“Não nos calaremos diante dessas afrontas com os direitos dos trabalhadores da educação. Conforme os próprios dados orçamentários, não há desculpa financeira para não implementar o piso e fazer o rateio das sobras do Fundeb”, finalizou o presidente da entidade de Classe, Valdeir Pereira.

fonte – sintep orgg

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana