Sem categoria

Holly Golightly, Vivian Ward e as mulheres mais inesquecíveis da ficção

Publicado em

A literatura e a sétima arte vem provendo personagens femininas inspiradoras desde o início dos tempos, de Holly Golightly a Annalise Keating elas são muitas. A cada enredo uma nova história é contada, um sentimento de superação é exaltado e um nome alcança a glória ou pelo menos chega bem perto disso.

Leia também: Em sua estreia como diretor, Wagner Moura é aplaudido em Berlim


Holly Golightly e as mulheres mais inesquecíveis da ficção
Divulgação

Holly Golightly e as mulheres mais inesquecíveis da ficção

Só no Brasil, segundo IBGE, as mulheres representam 100,5 milhões de habitantes ou seja 51,5% da população do País. Com a chegada do Dia Internacional da Mulher
, celebrado nesta sexta-feira (8), personalidades de todas as partes do mundo, como Holly Golightly
, ganham destaque nos rankings sociais, como Trending Topics do Twitter e Google Trends.

Leia também: Filme Estrangeiro concentra disputas mais excitantes do Oscar em 2019

Em séculos de literatura
e audiovisual a sociedade regou-se de muita imaginação e contemplou muitos nomes icônicos. Com base nisso, selecionamos as mulheres mais inesquecíveis da ficção para te inspirar neste fatídico dia.

  • Holly – “Bonequinha de Luxo”

Holly Golightly
Divulgação

Holly Golightly

Adaptado da obra de Truman Capote, o filme “Bonequinha de Luxo” narra a história de Holly, uma acompanhante que sonha em casar com um homem rico e tornar-se atriz de Hollywood. Determinada, durante o longa a personagem, vivida por Audrey Hepburn, dobra homens para alcançar seu objetivo. Sucesso de bilheteria, tendo arrecadado US$ 14 milhões, o filme eternizou a personagem, que tornou-se referência para inúmeros artigos da cultura pop – incluindo a cantora Madonna no clipe de Material Girl
.

  • Vivian Ward – “Uma Linda Mulher”

Vivian Ward
Divulgação

Vivian Ward

Lançado em 1990, “Uma Linda Mulher” apresentou Vivian Ward ao mundo, uma prostituta de atitude, de bom coração, independente e assertiva, que se recusa a ter um cafetão para ter o direito de escolher seus clientes ou seja a própria precursora do popularmente conhecido “meu corpo, minhas regras”.  

Leia mais:  Horóscopo do dia: previsões para 14 de fevereiro de 2020

Originalmente criado para ser um conto de advertência sobre a classe de prostituição de Los Angeles, o filme foi remodelado para ser uma comédia romântica, gênero este que sagrou a produção e fez de Vivian, interpretada por Julia Roberts, um ícone internacional. Com orçamento de US$ 14 milhões, o longo arrecadou mais de US$ 463 milhões nos EUA.

  • Cristina Yang – “Grey’s Anatomy”

Cristina Yang
Divulgação

Cristina Yang

Há mais de uma década no ar, “Grey’s Anatomy” presenteou as admiradoras da série com a personagem Cristina Yang, uma cirurgiã cardíaca interpretada por Sandra Oh. Forte e inabalável, ela é inspiradora por ser uma profissional excelente que não mede esforços para chegar onde quer, embora passe por maus bocados em sua vida pessoal.  Fora do programa desde a 10ª temporada, ela continua na memória dos fãs.

  • Hermione Granger –  franquia Harry Potter

Hermione Granger
Divulgação

Hermione Granger

Advinda do mundo mágico de Hogwarts, Hermione, interpretada por Emma Watson, é um exemplo de dedicação e superação. Ao longo da saga de filmes ela vence todos seus obstáculos, demonstra fraqueza, empoderamento, força e inteligência. Apesar de não ser a protagonista, é um símbolo de inspiração.

  • Katniss Everdeen – “Jogos Vorazes”

Katniss Everdeen
Divulgação

Katniss Everdeen

Vivida por Jennifer Lawrence, Katniss é um ícone vivo de força e resistência à opressão. Por mais que protagonista de “Jogos Vorazes” relute o cargo ativista de início, seu espírito protetor e sua vontade de lutar pelo que é justo a faz conquistar não apenas os habitantes da ficção, mas as pessoas que a assistem o filme.

  • Claire Underwood – “House Of Cards”

Claire Underwood
Divulgação

Claire Underwood

Até então mulheres movidas à base da paixão dominaram a lista. Fria, ambiciosa e calculista, Claire Underwood, interpretada por Robin Wright, é o oposto disso. Ao longo das temporadas de “House Of Cards”, a personagem tornou-se o tipo de pessoa que faz o impossível para alcançar o objetivo almejado, um digno colírio para as espectadoras. Na produção, nem o próprio marido a detém. Inabalável e imbatível, Claire é uma das personas inesquecíveis do ramo do entretenimento visual.

  • Olivia Pope – “Scandal”
Leia mais:  Programa verde amarelo pode incluir desempregado com mais de 55 anos

Olivia Pope
Divulgação

Olivia Pope

Vinda do universo das séries, Olivia Pope é uma mulher negra que luta pelo seu espaço na sociedade. Sob o lema “trabalhar o dobro para ter a metade [do que os brancos têm]”, a personagem vivida por Kerry Washington é um marco no audiovisual.  O sucesso da protagonista é refletido nas temporadas da atração. Foram sete ao todo.

  • Claireece Jones – “Preciosa”


Reprodução/IMDB

“Preciosa – uma história de esperança” retrata a vida de uma jovem negra que foi violentada pelo pai, sofre abusos da mãe e convive com diversos conflitos internos

Falar de “Preciosa” é abordar “lugar de fala”. Jovem, negra, pobre e gorda, a personagem passa por uma série de abusos de seu pai e é fortemente negligenciada pela mãe. Vivida pela atriz Gabourey Sidibi, a personagem inspira ao mostrar que mesmo passando por terrores dentro de casa a perseverança a mantém na procura por um futuro melhor. A história emocionou multidões e arrecadou uma receita de US$ 63 milhões nos EUA, além de cinco indicações ao Oscar, incluindo Melhor Filme.

  • Mulan – “Mulan”

Holly Golightly e as mulheres mais inesquecíveis da ficção
Divulgação

Holly Golightly e as mulheres mais inesquecíveis da ficção

Lançado em 1998, o filme “Mulan” conta história de uma jovem chinesa que decide ir à guerra para proteger a honra de sua família. Destemida, a personagem mostra que as meninas podem desempenhar os mesmos papéis que os meninos e aprende lições como coragem, respeito e amor. Sob o título de heroína da China, a jovem (sem dúvida) é uma das inesquecíveis figuras da ficção que mais inspiram pessoas.

  • Annalise Keating – “How To Get Away With Murder”

Holly Golightly e as mulheres mais inesquecíveis da ficção
Divulgação

Holly Golightly e as mulheres mais inesquecíveis da ficção

Leia também: Jim Carrey está de volta como um investigador no denso “Crimes Obscuros”

Fechando a lista de mulheres inesquecíveis da ficação, que começou com Holly Golightly
, está Annalise Keating
, vivida por Viola Davis em “How To Get Away With Murder”. Sucesso em diferentes continentes, a produção retrata as jornadas obscuras de uma advogada que superou a pobreza, o racismo e o assédio sexual para se tornar alguém imbatível – pelo menos no trabalho.  

Comentários Facebook
Advertisement

Política VG

Vereador/VG se “despede” de entidade; sai a Federal e mira votação histórica de Curvo

Published

on

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o Vereador por Várzea Grande, Bruno Lins Rios se licenciou da UCMMAT (União das Câmaras de Mato Grosso), para alçar vôo  mais alto. Empossado na entidade em 2021, Rios terá pela frente dois adversários de peso no partido, sendo a primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Morais e o Deputado Estadual, Alan Kardec. O vereador poderá se engajar exclusivamente como representante de Várzea Grande, já que outro pretendente ao mesmo cargo, o Vereador Rogerinho Dakar (PSDB), vê sua sigla “derretendo”. A idéia de Bruno é “bombar” na cidade industrial, para isso vêm se cacifando financeiramente e logicamente formar dobradinhas, dentre as metas, uma delas é aproximar da histórica votação em 2006 do ex-vereador Chico Curvo, batendo 37 mil votos.

 

 

fonte Oempallador

Comentários Facebook
Leia mais:  Gefron apreende quase 2 toneladas de drogas no primeiro bimestre do ano
Continue Reading

Sem categoria

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Published

on


source
Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 08.03.2022

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Dentre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto,  o presidente Jair Bolsonaro é o que apresenta o maior índice de rejeição, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira: 55% dos entrevistados afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. O desempenho é melhor que o apresentado na última pesquisa do instituto, quando essa porcentagem chegou a 60%. As duas pesquisas, contudo, não são diretamente comparáveis, já que houve mudanças na lista de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem ocupa a segunda colocação no ranking, com rejeição de 37%. Na sequência, vêm o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 30%; o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 26%; e o ex-governador Ciro Gomes (PDT), que registrou 23% no índice.

Em um segundo bloco, com números menores, estão o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), com 14%; Vera Lúcia (PSTU), que registrou 13% de rejeição; Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP), ambos com 12%; e Felipe D’Ávila (Novo), que marcou 11%.

Leia mais:  Fim de ano da Globo será em ritmo de funk

Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para o governador João Doria, avalia um convite do PSD para concorrer à Presidência, além da possibilidade de concorrer pelo próprio PSDB no lugar de Doria — hipótese estimulada por aliados.

Leia Também

A baixa rejeição a nomes do segundo bloco, no entanto, passa também pelo grau de conhecimento desses pré-candidatos entre os eleitores. Lula é o mais conhecido pelos entrevistados: 99% disseram saber quem ele é. O presidente Jair Bolsonaro tem índice de 98%, enquanto 90% afirmaram conhecer Sergio Moro. Ciro Gomes tem 89% de conhecimento e Doria, 80%.

Dos entrevistados, 42% dizem conhecer o governador Eduardo Leite, 31% conhecem Vera Lúcia e 30%, Felipe D’Ávila. A senadora Simone Tebet registra índice de 28%, enquanto Leonardo Péricles tem 20% de conhecimento.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana