Sem categoria

Giro dos famosos: No Rio, confusão no Bloco da Lud; Em SP, Pabllo ironiza Anitta

Publicado em

Nesta terça-feira (05) aconteceu o desfile do “Bloco da Ludmilla” no Rio, famosos como Luísa Sonza e Maisa estavam na festança. Porém, a folia teve de ser interrompida pela Polícia Militar após uma confusão generalizada tomar conta do público presente.

Leia também: Nem tão peladas! Destaques do Carnaval deixam a nudez de lado em 2019


Ludmilla
Reprodução / Instagram

Ludmilla

Nas redes, Ludmilla
lamentou o ocorrido e disse que sua equipe tomou a melhor decisão para o carnaval 2019
: “Há 2 anos, criei o Fervo da Lud com intenção de levar alegria e diversão ao maior número de pessoas e hoje isso não foi possível. Fomos interrompidos e estou profundamente triste por ter presenciado tamanha agressividade, mas certa de que optamos pelo melhor, pois minha prioridade sempre será o bem-estar de todos”.

Leia também: Web se divide sobre Marquezine após rumores de affair entre Anitta e Neymar

Durante a confusão, policiais militares tiveram que intervir, jogando bombas de gás lacrimogêneo. Após isso, houve correria do público pelas ruas transversais do desfile.

Por conta disso, a PM solicitou que o bloco interrompesse a música. Neste momento, o DJ Renan da Penha, convidado da cantora, se apresentava em cima do carro de som. Mesmo sem música, outros focos de briga se iniciaram e a polícia lançou mais bombas de gás.

Leia mais:  BC lança sistema de pagamento instantâneo no Brasil

Daniela Mercury rebate Bolsonaro


Ludmilla
Reprodução / Instagram

Ludmilla

Longe dali, após agitar o carnaval 2019
nos quatro cantos do País, Daniela Mercury rebateu o presidente Jair Bolsonaro, que mais cedo usou sua conta do Twitter para criticar a cantora e Caetano Veloso pela canção Proibido C arnaval
.

“Sr. Presidente, sinto muito que não tenha compreendido a canção, que defende a liberdade de expressão e é claramente contra a censura”, disse a cantora. Em resposta à acusação de usar a Lei Rouanet, Daniela comentou: “Percebo que há uma distorção muito grave sobre a Lei Rouanet. Parece que ela ainda não foi compreendida. Por isso, me coloco à disposição para explicar como funciona e aproveito para tranquilizá-lo.

Pabllo Vittar e Anitta em pé de guerra?


Ludmilla
Reprodução / Instagram

Ludmilla

Em São Paulo, o bloco de Pabllo Vittar reuniu uma multidão em sua estreia nesta terça (05) e, por isso, conqsuitou espaço no giro dos famosos. O clímax aconteceu quando a artista resolveu mandar uma indireta para Anitta: “Estou devendo 70 mil dólares, amô”, brincou.

Leia mais:  Maísa posa com Luan Santana e brinca: “Tamo juntos e shallow now”

A frase fez referência a polêmica do suposto áudio vazado em que a carioca dissertava sobre os gastos que teve com o clipe da canção Sua Cara
, parceria com Pabllo. No Twitter, Anitta rebateu a indireta. “Eu nunca disse que ninguém me deve nada. Eu apenas digo que não faz sentido me chamar de pão dura depois de um ter feito um investimento grande sozinha só por que não quis gastar mais para levar todo mundo de jato”.

Viviane Araújo comemora título da Mancha Verde


Ludmilla
Reprodução / Instagram

Ludmilla

Leia também: Bruna Marquezine sensualiza com look de barbie ciclista

No Rio de Janeiro, ao contrário de Ludmilla
, Viviane Araújo só teve motivos para comemorar nesta terça-feira (05). A atriz e influencer, que é destaque no giro dos famosos
, desfilou como rainha de bateria da Mancha Verde e não poupou palavras para expressar sua felicidade ao ver a escola arrebatar o título: “Parabéns minha Mancha Guerreira! Parabéns presidente Paulo Serdan pelo lindo trabalho que foi feito e para minha bateria”, disse a artista.

Comentários Facebook
Advertisement

Política VG

Vereador/VG se “despede” de entidade; sai a Federal e mira votação histórica de Curvo

Published

on

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o Vereador por Várzea Grande, Bruno Lins Rios se licenciou da UCMMAT (União das Câmaras de Mato Grosso), para alçar vôo  mais alto. Empossado na entidade em 2021, Rios terá pela frente dois adversários de peso no partido, sendo a primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Morais e o Deputado Estadual, Alan Kardec. O vereador poderá se engajar exclusivamente como representante de Várzea Grande, já que outro pretendente ao mesmo cargo, o Vereador Rogerinho Dakar (PSDB), vê sua sigla “derretendo”. A idéia de Bruno é “bombar” na cidade industrial, para isso vêm se cacifando financeiramente e logicamente formar dobradinhas, dentre as metas, uma delas é aproximar da histórica votação em 2006 do ex-vereador Chico Curvo, batendo 37 mil votos.

 

 

fonte Oempallador

Comentários Facebook
Leia mais:  O que seu signo reserva: confira o horóscopo desta quarta-feira, 22 de janeiro
Continue Reading

Sem categoria

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Published

on


source
Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 08.03.2022

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Dentre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto,  o presidente Jair Bolsonaro é o que apresenta o maior índice de rejeição, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira: 55% dos entrevistados afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. O desempenho é melhor que o apresentado na última pesquisa do instituto, quando essa porcentagem chegou a 60%. As duas pesquisas, contudo, não são diretamente comparáveis, já que houve mudanças na lista de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem ocupa a segunda colocação no ranking, com rejeição de 37%. Na sequência, vêm o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 30%; o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 26%; e o ex-governador Ciro Gomes (PDT), que registrou 23% no índice.

Em um segundo bloco, com números menores, estão o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), com 14%; Vera Lúcia (PSTU), que registrou 13% de rejeição; Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP), ambos com 12%; e Felipe D’Ávila (Novo), que marcou 11%.

Leia mais:  Falha no site da Receita Federal atrapalha contribuinte e preocupa empresários

Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para o governador João Doria, avalia um convite do PSD para concorrer à Presidência, além da possibilidade de concorrer pelo próprio PSDB no lugar de Doria — hipótese estimulada por aliados.

Leia Também

A baixa rejeição a nomes do segundo bloco, no entanto, passa também pelo grau de conhecimento desses pré-candidatos entre os eleitores. Lula é o mais conhecido pelos entrevistados: 99% disseram saber quem ele é. O presidente Jair Bolsonaro tem índice de 98%, enquanto 90% afirmaram conhecer Sergio Moro. Ciro Gomes tem 89% de conhecimento e Doria, 80%.

Dos entrevistados, 42% dizem conhecer o governador Eduardo Leite, 31% conhecem Vera Lúcia e 30%, Felipe D’Ávila. A senadora Simone Tebet registra índice de 28%, enquanto Leonardo Péricles tem 20% de conhecimento.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana