conecte-se conosco


Esportes

Futuro de Hamilton ganha importância ainda maior após recorde

Publicado


O chefe da Mercedes, Toto Wolff, insinuou brincando que terá que vender a fábrica da equipe de Fórmula 1 para manter Lewis Hamilton depois de o britânico conquistar sua 92ª vitória na categoria, ontem (25) em Portugal, feito que o tornou recordista em número de vitórias em todos os tempos.

Hamilton estará sem contrato no final do ano, altura em que o piloto de 35 anos provavelmente terá igualado um recorde com a conquista de um sétimo campeonato e estará entre os mais bem-sucedidos da história do esporte.

Ele e Wolff ainda precisam acertar os detalhes de um novo acordo em meio a uma temporada interrompida pela pandemia de Covid-19, mas o tempo urge.

“É imenso. Temos que vender muito inventário. Vender um contrato de arrendamento dos edifícios e simplesmente arranjar o dinheiro”, disse Wolff quando indagado sobre as implicações contratuais do recorde.

A realidade é menos drástica, já que os dois lados querem ficar juntos e estabelecer mais recordes em um esporte que dominam desde o início da era do motor turbo híbrido V6, em 2014.

Leia mais:  Esgrimista Bia Bulcão busca vaga em sua segunda Olimpíada

Se as 91 vitórias de Michael Schumacher chegaram a parecer uma meta impossível, agora é provável que Hamilton vá além de 100, e um oitavo título tampouco pertence ao reino da fantasia.

“Em 10 ou 20 anos, olharemos para trás e realmente reconheceremos que piloto especial ele foi”, disse Wolff.

Já a Mercedes está prestes a se tornar a primeira equipe a conquistar sete títulos sucessivos do Mundial de Construtores.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Direto do CT: Timão faz treino com variações em preparação para o Majestoso

Publicado



Foto: Rodrigo Coca/Agência CorinthiansNa tarde desta quarta-feira (09), no CT Dr. Joaquim Grava, o Corinthians realizou mais um treinamento de olho no clássico diante do São Paulo – no próximo domingo (13), às 18h15, na Neo Química Arena, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os atletas realizaram o aquecimento no Campo 1 (Ronaldo Soares Giovanelli) sob as orientações do preparador físico Flávio de Oliveira. Na sequência, o técnico Vagner Mancini dividiu o grupo: os meias e atacantes fizeram um trabalho de passes e movimentação enquanto os zagueiros e laterais, comandados pelo auxiliar técnico Anderson Batatais, participaram de um treino específico de posicionamento defensivo.

Depois, no Campo 2 (José Ferreira Neto), novamente com o elenco dividido, enquanto uma parte dos jogadores realizou cruzamentos e finalizações, os demais participaram de um trabalho de posse de bola e pressão em espaço reduzido. Por fim, Mancini organizou um treino tático focado no Majestoso do próximo fim de semana.

O Alvinegro volta a treinar na manhã desta quinta (10), no CT.

  Jemerson e Jonathan Cafú são apresentados no Corinthians

Leia mais:  Liam Gallagher promete show na Argentina se Messi for para o City

Tags: Futebol, Notícias

Categoria(s): Futebol, Corinthians

Fonte: https://www.corinthians.com.br/direto-do-ct-timao-faz-treino-com-variacoes-em-preparacao-para-o-majestoso

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Fernando Miguel pede equilíbrio ao Vasco na sequência do Brasileiro

Publicado


Fernando Miguel é um dos líderes do elenco vascaíno- Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Superado nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama terá uma semana livre para trabalhar visando seu próximo desafio pela competição nacional, o clássico contra o Fluminense, no domingo (13/12), às 20h30, no Estádio de São Januário. O duelo contra o Tricolor é visto como fundamental, pois uma vitória pode fazer o Cruzmaltino voltar a somar três pontos, deixar o incômodo Z4, iniciando assim uma reação dentro da temporada.

Para uma das lideranças da equipe, porém, o goleiro Fernando Miguel, algumas coisas precisam ser feitas para que o resultado positivo seja alcançado. O camisa 1 acredita que falta ao time vascaíno encontrar equilíbrio e tomar melhores decisões dentro das partidas. O experiente jogador reconheceu a queda de rendimento e afirmou que o Gigante da Colina só conseguirá recuperar a confiança do torcedor se fizer por onde dentro das quatro linhas.

– É difícil a gente vir aqui e achar uma palavra, achar um discurso, que vá convencer ou motivar alguém a acreditar na nossa equipe. Eu sempre tive comigo que é o campo que se expressa pela gente. É ele que faz o torcedor acreditar ou não, e no momento não temos conseguido demonstrar isso. Fomos uma equipe competitiva e equilibrada no primeiro tempo, talvez, mas no segundo não conseguimos competir. Não conseguimos criar situações que pretendíamos criar – declarou o camisa 1, acrescentando logo na sequência.

  Após empate com Bragantino Vasco treina para próximos confrontos

Leia mais:  Presidente do CPB e atletas destacam adiamento dos Jogos de Tóquio

– Também não conseguimos controlar a equipe do Grêmio defensivamente, ficamos expostos o tempo todo dentro da partida. Aceleramos o jogo nas jogadas que deveríamos tocar e tocamos nas jogadas que deveríamos acelerar. Precisamos encontrar um equilíbrio. É só encontrando esse equilíbrio que iremos conseguir mudar esse panorama, fazendo com que o nosso torcedor acredite e nossas atuações nos façam sair dessa situação – finalizou Fernando Miguel.

Comentários Facebook
Continue lendo

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana