Sem categoria

Confira lista de filmes dirigidos por mulheres e assista-os

Publicado em

No dia 8 de março se comemora o Dia Internacional da Mulher, uma data que representa toda a trajetória e luta das mulheres para chegarem onde estão hoje e continuarem ganhando espaço. Elas se colocaram no mercado de trabalho e no mundo do cinema não foi diferente. Atualmente muitos filmes dirigidos por mulheres são produzidos e fazem sucesso.

Leia também:  Você já pode assistir “Chá Com As Damas” e “Entrevista com Deus” em casa

Sabendo disso, o Circuito Spcine, a Spcine Play e o Looke prepararam uma programação em homenagem a trajetória das mulheres. Durante todo o mês de março a programação terá foco especial nos filmes dirigidos por mulheres
.


O Banquete, de Daniela Thomas, é um dos filmes dirigidos por mulheres que estão disponíveis no Looke
Reprodução

O Banquete, de Daniela Thomas, é um dos filmes dirigidos por mulheres que estão disponíveis no Looke

Para a cineasta Laís Bodanzky, que acaba de assumir a presidência da Spcine, é uma ótima coincidência chegar na empresa no mês da mulher e durante a divulgação de um especial como este. “Nós, mulheres no audiovisual, apesar de marcarmos presença em diversas funções executivas e de criação, somos poucas na direção. Então, qualquer iniciativa que jogue luz sobre elas, como a do Circuito e da Spcine Play, é necessária e muito bem-vinda.”

Programação Spcine Play e Looke

As  plataformas de streaming Looke
e Spcine Play fazem parte da programação especial. A primeira novidade é a formação de uma estante exclusiva com 11 curtas-metragens de diretoras brasileiras, todos para assistir gratuitamente. “Deusa” de Bruna Callegari, “Irmãos Mai”, de Thais Fujinaga, e “Quem Matou Eloá”, de Livia Perez, estão entre os títulos.

Também foram selecionados diversos filmes com direção feminina que já estavam disponíveis no Looke. Eles ficarão em destaque e pela metade do preço para locação e download até o dia 1º de abril.

Leia mais:  São Paulo recebe maior encontro de mulheres negras da América Latina

Integram a lista filmes como “O Banquete”, de Daniela Thomas, “O Animal Cordial”, de Gabriela Amaral, “À Queima Roupa”, de Theresa Jessouroun, “Sinfonia da Necrópole”, de Juliana Rojas, e “Doces Poderes”, de Lucia Murat.

“No geral, são filmes representativos e de qualidade. Me chamou atenção a expressiva quantidade de mulheres produzindo curta-metragem. Isso significa que vamos ter mais mulheres nos longas”, projeta Bodanzky, que ainda evidencia o caráter educativo da ação. “Os dois programas da Spcine dialogam com a formação de público. Estão oferecendo um material muito rico, informações que muitas vezes passam despercebidas pelo espectador.”

Lista de filmes dirigidos por mulheres disponíveis nas plataformas

  • O Banquete, de Daniela Thomas;
  • Animal Cordial, de Gabriela Amaral;
  • À Queima Roupa, de Theresa Jessouroun;
  • As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra;
  • Carandiru.DOC, de Rita Buzzar;
  • Sinfonia da Necrópole, de Juliana Rojas;
  • A Cidade Onde Envelheço, de Marília Rocha;
  • Brava Gente Brasileira, de Lucia Murat;
  • Uma Longa Viagem, de Lucia Murat;
  • Histórias Que Só Existem Quando São Lembradas, de Julia Murat;
  • Doces Poderes, de Lucia Murat;
  • Maré Nossa História de Amor, de Lucia Murat;
  • Que Bom Te Ver Viva, de Lucia Murat;
  • O Crime da Cabra, de Teresa Aguiar;
  • As Melhores Coisas do Mundo, de Lais Bodanzky.

Programação do Circuito Spcine

As salas de cinema também fazem parte da programação especial. O primeiro destaque vem da sessão Quarta na Faixa, que acontece sempre às quartas-feiras, às 19h, na sala Spcine Roberto Santos, que fica no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Até 27 de março, quatro filmes de sucesso internacional marcam lugar na programação do espaço. São eles: “Encontros e Desencontros”, de Sofia Coppola, que será exibido no dia 6/03; “Lady Bird: A Hora de Voar”, de Greta Gerwig no dia 13/03; “O Jardim Secreto”, de Agnieszka Holland, e “Domando o Destino”, de Chloé Zhao no dia 27/03.

Leia mais:  Flúvia Lacerda propõereflexão sobre o corpo: “Por que estar em guerra com ele?”

A sala do Circuito Spcine, no centro de São Paulo, exibe a animação “Valente” no próximo sábado (9), às 15h, com entrada gratuita. O filme dirigido por Brenda Chapman e Mark Andrews conta a história de uma princesa que quebra o protocolo do reino depois que uma competição é organizada para escolher seu futuro marido. 

Na Spcine Olido, também no centro de São Paulo, entre 7 e 13 de março, será exibido o documentário “My Name is Now, Elza Soares”, que conta a trajetória de vida e carreira da intérprete. Entre os seus sucessos está o álbum “A mulher do fim do mundo”, além de canções que viraram marca registrada como “A Carne” e “Se Acaso Você Chegasse”. A direção é de Elizabete Martins Campos.

Leia também: “Robin Hood” e “Velocidade Mortal” estão entre os lançamentos do Looke

Também estão programados nestes dias, tanto na Spcine Olido como na sala Paulo Emilio, no Centro Cultural São Paulo, os curtas “Guaxuma”, “Dia Estrelado” e “Sem Coração”. Eles compõem um programa da cineasta Nara Normande sobre histórias humanas e sensíveis.

Ainda na sala Paulo Emilio haverá uma sessão no dia 9 de março, às 17h, com os curtas-metragens “Experimentando o Vermelho em Dilúvio”, “Tea for Two” e “Peripatético”. Um debate com as realizadoras Michelle Mattiuzzi, Julia Katharine e Jessica Queiroz acontece na sequência.

Aproveite toda a programação especial do Spcine Play, Looke e Circuito Spicine para prestigiar os filmes dirigidos por mulheres
.

Comentários Facebook
Advertisement

Política VG

Vereador/VG se “despede” de entidade; sai a Federal e mira votação histórica de Curvo

Published

on

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o Vereador por Várzea Grande, Bruno Lins Rios se licenciou da UCMMAT (União das Câmaras de Mato Grosso), para alçar vôo  mais alto. Empossado na entidade em 2021, Rios terá pela frente dois adversários de peso no partido, sendo a primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Morais e o Deputado Estadual, Alan Kardec. O vereador poderá se engajar exclusivamente como representante de Várzea Grande, já que outro pretendente ao mesmo cargo, o Vereador Rogerinho Dakar (PSDB), vê sua sigla “derretendo”. A idéia de Bruno é “bombar” na cidade industrial, para isso vêm se cacifando financeiramente e logicamente formar dobradinhas, dentre as metas, uma delas é aproximar da histórica votação em 2006 do ex-vereador Chico Curvo, batendo 37 mil votos.

 

 

fonte Oempallador

Comentários Facebook
Leia mais:  Grêmio goleia São José na Copa Santiago
Continue Reading

Sem categoria

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Published

on


source
Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 08.03.2022

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Dentre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto,  o presidente Jair Bolsonaro é o que apresenta o maior índice de rejeição, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira: 55% dos entrevistados afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. O desempenho é melhor que o apresentado na última pesquisa do instituto, quando essa porcentagem chegou a 60%. As duas pesquisas, contudo, não são diretamente comparáveis, já que houve mudanças na lista de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem ocupa a segunda colocação no ranking, com rejeição de 37%. Na sequência, vêm o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 30%; o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 26%; e o ex-governador Ciro Gomes (PDT), que registrou 23% no índice.

Em um segundo bloco, com números menores, estão o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), com 14%; Vera Lúcia (PSTU), que registrou 13% de rejeição; Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP), ambos com 12%; e Felipe D’Ávila (Novo), que marcou 11%.

Leia mais:  Destaque na Flip, Conceição Evaristo reafirma importância da coletividade negra

Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para o governador João Doria, avalia um convite do PSD para concorrer à Presidência, além da possibilidade de concorrer pelo próprio PSDB no lugar de Doria — hipótese estimulada por aliados.

Leia Também

A baixa rejeição a nomes do segundo bloco, no entanto, passa também pelo grau de conhecimento desses pré-candidatos entre os eleitores. Lula é o mais conhecido pelos entrevistados: 99% disseram saber quem ele é. O presidente Jair Bolsonaro tem índice de 98%, enquanto 90% afirmaram conhecer Sergio Moro. Ciro Gomes tem 89% de conhecimento e Doria, 80%.

Dos entrevistados, 42% dizem conhecer o governador Eduardo Leite, 31% conhecem Vera Lúcia e 30%, Felipe D’Ávila. A senadora Simone Tebet registra índice de 28%, enquanto Leonardo Péricles tem 20% de conhecimento.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana