Política MT

Assembleia Legislativa faz sessão especial para homenagear mulheres

Publicado em

Foto: Demóstenes Milhomem

A Assembleia Legislativa realiza, nesta sexta-feira, 8 de março, Sessão Especial, às 19h, no Plenário das Deliberações Renê Barbour, a pedido do deputado estadual Wilson Santos (PSDB), com a finalidade de comemorar o Dia Internacional da Mulher. Trinta e cinco mulheres, dos mais diferentes segmentos da sociedade mato-grossense, serão homenageadas.

“São guerreiras que contribuem significativamente no desenvolvimento efetivo das políticas públicas sociais nos municípios, é merecida uma homenagem da Assembleia Legislativa de Mato Grosso pelos relevantes trabalhos prestado ao estado de Mato Grosso, nos seus municípios”.

No evento está previsto a apresentação da cantora Lu Bonfim e da poetisa Aurelina Haydêe Carmo. Durante a sessão especial, Wilson Santos deve comunicar a instalação da Câmara Temática Setorial que terá o objetivo de levantar e propor políticas públicas em favor da mulher. A CST deverá ser formada por 11 mulheres.

Serão homenageadas:

Rosana Leite Antunes de Barros, defensora pública;

Lindinalva Rodrigues, promotor de Justiça;

Gláucia Anne Kelly Rodrigues Amaral, procuradora do estado;

Isis Catarina Brandão, servidora da Assembleia Legislativa;

Leia mais:  Separação de salas de espera entre pacientes do SUS e convênios pode ser proibida em MT

Lucimar Sacre de Campos, prefeita de Várzea Grande;

Thelma Figueiredo de Oliveira, prefeita de Chapada dos Guimarães;

Telma Reis, presidente da CMDM Cuiabá

Gisela Simona, superintende do Procon/MT;

Jacy Proença, militante do Movimento Negro e de Mulheres e ex-vice-prefeita de Cuiabá;

Aurelina Haydêe Carmo, antropóloga, poetisa;

Silvia Negri, coordenadora de Desenvolvimento Institucional do Hospital de Câncer;

Eliane Rodrigues Lima, 1ª mulher indígena a se formar em Direito, Consultora Técnica da FEPOIMT;

Clarissa Lopes, presidente da Comissão de Direito da Mulher da OAB; 

Luciana França, professora da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Barra do Bugres;

Lúcia Palma, atriz, produtora cultural;

Gonçalina Eva de Almeida, coordenadora pedagógica da Escola Estadual Quilombola Tereza Conceição Arruda, no Quilombo Mata Cavalo;                       

Ozenira Soares de Souza, secretaria de Gestão de Cuiabá;

Vera Lúcia Capilé, cantora, psicóloga;

Rosa Neide Sandes de Almeida, deputada federal (PT);

Josyrleth Magalhães, delegada da Delegacia da Mulher;

Tatiana Aparecida Lima, única mulher contramestra em Capoeira em MT;

Leia mais:  Caminhoneiro morre e família se fere com descarga elétrica em MT

Marioneide Angélica Kliemaschewsh, secretária de Educação de Mato Grosso;

Kall Marçal, presidente do Instituto Mulheres + Q Vencedoras;

Amini Haddad Campos, juíza de direito de Mato Grosso;

Eliana Vitalino, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social e coordenadora do Centro da Pastoral do Migrante;

Serys Slhessarenko, professora da UFMT, ex-deputada e ex-senadora de MT;

Cleuta Paixão, poetisa, Produtora Cultura/Juína;

Eunice Ramos, repórter da TV Centro América;

Gisele Guth de Araújo, pastora e fundadora do Esquadrão da Vida;

Lígia Borges Figueiredo (in memorian), 1ª mulher prefeita em MT- Rosário Oeste- 1947 a 1951);

Maria Helena Póvoas, desembargadora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso;

Domingas Leonor da Silva, fundadora do grupo Flor Ribeirinha;

Dinorá Magalhães Arcanjo, agente de saúde;

Irmã Ada Gambarotto, irmã salesiana;

Jocilene Barboza (in memorian), presidente do Sintep/MT;

Vera Bertolini, coordenadora do Núcleo de Estudo, Pesquisa e Organização da Mulher da UFMT;

Comentários Facebook
Advertisement

Política MT

Na busca pelo primeiro mandato na AL, Juca do Guaraná quer ‘levar o povo’ para a Casa de Leis

Published

on

Para o candidato a deputado estadual pelo MDB em Mato Grosso, Juca do Guaraná Filho, a presença do agente político nos municípios é fundamental. Uma das propostas do Juca do Guaraná, é percorrer, com o Gabinete Itinerante, os 141 municípios do Estado e deixar fixa uma base do Gabinete Itinerante nas principais cidades de Mato Grosso.

“As pautas que vêm de encontro com as necessidades da população precisam ganhar vez na Assembleia Legislativa. Pode ter certeza que se eu conseguir uma das vagas da AL, a população entrará junto comigo”, destacou Juca do Guaraná.  

O emedebista é conhecido por ser o vereador do povo. Juca foi um dos parlamentares que mais teve indicações feitas e atendidas nos último dois anos. Já se somam mais de 10 mil indicações atendidas, em inúmeros bairros e comunidades rurais de Cuiabá. 

Juca do Guaraná Filho sabe bem a importância em ser um bom representante para a população cuiabana. Com muitos projetos de Lei de sua autoria, sancionados, Juca promete, caso eleito, continuar ‘fazendo mais por sua gente’.  Desta forma, criando mais propostas que beneficiem diretamente a homens e mulheres trabalhadores ou inserindo emendas a projetos que sejam, de fato, de interesse para Mato Grosso.  

Leia mais:  Separação de salas de espera entre pacientes do SUS e convênios pode ser proibida em MT

Juca do Guaraná Filho nasceu no bairro Pedregal, se candidatou e foi eleito em 2012. Depois, em 2016 e, por fim, em 2020. Sua entrada na política foi, inicialmente, para atender a um pedido do falecido pai, o ex-vereador José Maria Barbosa, mais conhecido como Juca do Guaraná. Assim, decidiu seguir a trajetória política e, hoje, Juca do Guaraná Filho busca seu primeiro mandato como deputado estadual.  

Com esse objetivo, Juca do Guaraná tem mostrado aos eleitores alguns de seus trabalhos na Casa de Leis cuiabana, afirmando que como vereador, criou o Gabinete Itinerante, com o objetivo não só de aproximar o parlamento municipal da comunidade, como ainda levantar as principais necessidades estruturais, em especial, nos bairros carentes da Capital. A ação já percorreu todas as regiões da Capital e já totalizou mais de 10 mil atendimentos. 

Em uma luta sem tréguas, Juca conseguiu sancionar a Lei de Nº 6.509/2020, de sua autoria, estabelecendo atendimento prioritário e, sobretudo, humanitário, aos autistas. A Lei exige que os estabelecimentos públicos e privados passem a estampar, em local visível, o símbolo para a conscientização do autismo, informando que os portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus acompanhantes têm direito a atendimento prioritário. O êxito foi tão grande que o projeto do vereador Juca do Guaraná acabou servindo de referência para várias outras cidades.

Leia mais:  Caminhoneiro morre e família se fere com descarga elétrica em MT

Juca também foi autor da Lei que aumentou o tempo para integração nos ônibus coletivos de Cuiabá, fazendo com que os usuários do transporte público tivessem mais tempo para completar seu trajeto, sem perder o tempo de integração e sem precisar pagar outra passagem.   

Esta Lei foi idealizada pelo parlamentar como resultado de uma experiência feita por ele, quando enfrentou um ônibus lotado que demorou aproximadamente 2 horas para fazer a linha que vai do bairro Pedra 90 ao Centro da capital. Ao passar por essa situação, notou que muito dificilmente uma pessoa conseguiria fazer esse mesmo percurso e tantos outros, em apenas 1 hora.  

Com a apresentação de todo trabalho prestado à Cuiabá, é que Juca do Guaraná tem se colocado à disposição da população mato-grossense, para levar esses projetos para todo o Estado.

Fonte: Eleições 2022

Comentários Facebook
Continue Reading

Política MT

OSMAR FRONER RECEBE RECENSEADORES E DESTACA IMPORTÂNCIA DO CENSO DO IBGE

Published

on

O prefeito Osmar Froner recebeu na manhã desta segunda-feira (15) a equipe do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, que está realizando o Censo Demográfico em Chapada dos Guimarães.

Os recenseadores do IBGE iniciaram neste mês de agosto os trabalhos do Censo 2022, com previsão de término em outubro. Uniformizados e identificados, eles estão visitando as residências do perímetro urbano e da zona rural, incluindo as comunidades quilombolas.

A Prefeitura Municipal de Chapada dos Guimarães disponibilizou uma sala no prédio da Secretária de Municipal Turismo, Cultura e Meio Ambiente para os trabalhos do IBGE.

Osmar deu as boas-vindas a equipe, colocando a administração a disposição durante a realização do Censo.

Após a recepção, o prefeito fez questão de receber os representantes do IBGE em sua residência, e frisou a importância do Censo.

“Contamos com a colaboração de toda a população para receber o recenseador e responderem ao questionário, o censo é importante, não apenas para identificar o número de habitantes que o município possui, pois é através dele que se viabiliza recursos para implantação de políticas públicas e serviços essenciais à população, ajuda a melhorar o nosso município. O benefício é para todos”.

Leia mais:  Caminhoneiro morre e família se fere com descarga elétrica em MT

Suellen Maia, umas das agentes censitário municipal, alerta que é importante destacar que os recenseadores estão devidamente identificados. O uso de colete e crachás são obrigatórios durante a pesquisa.

O trabalho em Chapada dos Guimarães está sendo feito por 11 recenseadores, supervisionados por uma agente censitária.

fonte – chapada dos guimarães mt gov.0

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana