Sem categoria

Após pesar 35 kg, jovem luta contra anorexia e tenta inspirar outras mulheres

Publicado em

Em 2015, a argentina Delfina Carle, hoje com 17 anos, foi diagnosticada com anorexia. Na época, a adolescente não percebia a gravidade de sua doença e chegou a pesar apenas 35 kg. “Eu não me via gorda. Percebi que era magra, mas disse a mim mesma: ‘vamos ver se você consegue ser ainda mais magra?’”, diz, conforme detalhe o jornal Mirror
.

Leia também: Após pesar 28 kg, jovem conta como comer chocolate a ajudou a vencer a anorexia


Por conta da anorexia, a argentina Delfina Carle, de 17 anos, chegou a pesar apenas 35 kg, mas conseguiu vencer a doença
Reprodução/Twitter/DelfiCarle

Por conta da anorexia, a argentina Delfina Carle, de 17 anos, chegou a pesar apenas 35 kg, mas conseguiu vencer a doença

A anorexia
foi descoberta quando seus pais a levaram para fazer exames em um hospital em Buenos Aires. Após avaliarem a menina, os médicos não a deixaram ir embora, pois ela estava muito abaixo de seu peso ideal. “Nós três nos abraçamos, minha mãe, meu pai e eu, e choramos. Nunca choramos assim, nós três juntos”, conta.

Apesar de ter ficado em choque quando ouviu que estava com o distúrbio alimentar, isso não foi o suficiente para conseguir lidar com a doença
. A jovem ficou mais consciente quando seu tubo de alimentação passou por um problema e a alimentação líquida passou a entrar em seus pulmões em vez de seu estômago, deixando-a incapaz de respirar.

Leia mais:  Vanessa será expulsa à força de seu próprio casamento em “Verão 90”

Por conta disso, Delfina ficou com sangue saindo de sua boca e nariz e, por isso, pediu que os médicos não colocassem o tudo de volta – e prometeu a eles voltar a comer normalmente. Felizmente, logo começo a engordar. Depois de completar o tratamento de reabilitação, ela recebeu permissão para ir para casa e sua família lhe deu uma grande festa.

Luta da jovem contra a anorexia


Internada por conta da anorexia, a argentina enfrentou um problema com o seu tubo de alimentação e ficou sem respirar
Reprodução/Twitter/DelfiCarle

Internada por conta da anorexia, a argentina enfrentou um problema com o seu tubo de alimentação e ficou sem respirar

Mesmo depois de tudo que passou, a recuperação não foi completa. Após ter saído do hospital, a argentina fingia comer e dava sua comida para os cachorros da família ou a escondia em seus bolsos para jogar fora mais tarde. “Comecei a tomar laxantes, pois senti que precisava me livrar de tudo dentro de mim, mesmo que tivesse comido apenas um biscoito”, expõe.

Leia também: Após ter peso de criança de 5 anos, jovem luta contra anorexia e inspira na web 

No começo, sua mãe a observava tomar seus remédios, mas, depois que ela parou de fazer isso, Delfina começou a jogá-los fora. Além disso, quando ia ao nutricionista para acompanhar sua evolução, bebia muita água ou usava diversos acessórios – como anéis, relógios e pulseiras – para ficar mais “pesada” em uma tentativa de não perceberem que havia perdido peso novamente.

Leia mais:  Gabigol permanece no Flamengo com contrato até 2024

Nesse momento, ela acreditava que nunca iria conseguir superar a condição e que não estava fazendo nada além de causar dor àqueles que a amam. Foi, então, que resolveu mudar. Passou a procurar ajuda online e ensinou a si mesma como estar bem de novo após tudo que viveu. Antes, só pensava em comida o dia todo. Agora, se distrai ouvindo música e lendo um livro.

Jovem quer ajudar outras pessoas que sofrem com a doença


Depois que venceu a anorexia, Delfina quer ajudar outras mulheres que sofrem com o distúrbio alimentar
Reprodução/Instagram/delfi_carle

Depois que venceu a anorexia, Delfina quer ajudar outras mulheres que sofrem com o distúrbio alimentar

Atualmente, ela está perto do seu peso ideal e aproveitando a vida. Quando sente que os dias sombrios do seu distúrbio alimentar
estão de volta para assombrá-la, Delfina analisa as imagens de quando tinha 14 anos. “Eu olho para essas fotos e vejo uma menina triste e deprimida. Uma adolescente que quer morrer”, afirma.

Leia também: Conselho de agência de modelos faz gêmeas desenvolverem anorexia

“Hoje, apesar de não estar completamente feliz com meu corpo, eu luto, luto e vou em frente, e quando me olho no espelho vejo uma garota às vezes feliz, às vezes nem tanto, como todo mundo, né? E, como fui hospitalizada por conta da anorexia
, ajudo outras mulheres a amar a pele em que estão”, ressalta.

Comentários Facebook
Advertisement

Política VG

Vereador/VG se “despede” de entidade; sai a Federal e mira votação histórica de Curvo

Published

on

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o Vereador por Várzea Grande, Bruno Lins Rios se licenciou da UCMMAT (União das Câmaras de Mato Grosso), para alçar vôo  mais alto. Empossado na entidade em 2021, Rios terá pela frente dois adversários de peso no partido, sendo a primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Morais e o Deputado Estadual, Alan Kardec. O vereador poderá se engajar exclusivamente como representante de Várzea Grande, já que outro pretendente ao mesmo cargo, o Vereador Rogerinho Dakar (PSDB), vê sua sigla “derretendo”. A idéia de Bruno é “bombar” na cidade industrial, para isso vêm se cacifando financeiramente e logicamente formar dobradinhas, dentre as metas, uma delas é aproximar da histórica votação em 2006 do ex-vereador Chico Curvo, batendo 37 mil votos.

 

 

fonte Oempallador

Comentários Facebook
Leia mais:  Gabigol permanece no Flamengo com contrato até 2024
Continue Reading

Sem categoria

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Published

on


source
Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 08.03.2022

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Dentre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto,  o presidente Jair Bolsonaro é o que apresenta o maior índice de rejeição, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira: 55% dos entrevistados afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. O desempenho é melhor que o apresentado na última pesquisa do instituto, quando essa porcentagem chegou a 60%. As duas pesquisas, contudo, não são diretamente comparáveis, já que houve mudanças na lista de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem ocupa a segunda colocação no ranking, com rejeição de 37%. Na sequência, vêm o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 30%; o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 26%; e o ex-governador Ciro Gomes (PDT), que registrou 23% no índice.

Em um segundo bloco, com números menores, estão o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), com 14%; Vera Lúcia (PSTU), que registrou 13% de rejeição; Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP), ambos com 12%; e Felipe D’Ávila (Novo), que marcou 11%.

Leia mais:  Vanessa será expulsa à força de seu próprio casamento em “Verão 90”

Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para o governador João Doria, avalia um convite do PSD para concorrer à Presidência, além da possibilidade de concorrer pelo próprio PSDB no lugar de Doria — hipótese estimulada por aliados.

Leia Também

A baixa rejeição a nomes do segundo bloco, no entanto, passa também pelo grau de conhecimento desses pré-candidatos entre os eleitores. Lula é o mais conhecido pelos entrevistados: 99% disseram saber quem ele é. O presidente Jair Bolsonaro tem índice de 98%, enquanto 90% afirmaram conhecer Sergio Moro. Ciro Gomes tem 89% de conhecimento e Doria, 80%.

Dos entrevistados, 42% dizem conhecer o governador Eduardo Leite, 31% conhecem Vera Lúcia e 30%, Felipe D’Ávila. A senadora Simone Tebet registra índice de 28%, enquanto Leonardo Péricles tem 20% de conhecimento.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana