Sem categoria

Americana com alopecia conta como noivo a ajudou a aceitar e amar sua careca

Publicado em

Sierra Dawn Eggum, de 21 anos, que vive em Washington, nos Estados Unidos, foi diagnosticada com alopecia em 2013. Na época, quando o cursava o ensino médico, a jovem conta que notou que havia algo de incomum acontecendo quando seu cabelo começou a cair. A doença  mexeu com sua confiança
e, quando se olhava no espelho, não conseguia se sentir bem.


Sierra Eggum foi diagnosticada com alopecia durante o ensino médio e, na época, não se sentia bem ao olhar-se no espelho
Reprodução/YouTube/Barcroft TV

Sierra Eggum foi diagnosticada com alopecia durante o ensino médio e, na época, não se sentia bem ao olhar-se no espelho

Em entrevista à Barcroft TV
, Sierra explica, em detalhes, como descobriu a alopecia
. “Eu me lembro claramente do primeiro dia que aconteceu. Estava na aula de ginástica e fazia muito calor. Acabei suando, o que fez minha cabeça coçar. Na parte de trás, passei a mão por um ponto que estava irritado e percebi algo se soltar do meu couro cabeludo”, relata.

Na hora, ela diz que teve um sentimento estranho. “Foi quase como se algo fosse arrancado de mim. Retirei, olhei para baixo e vi pelo menos oito fios na minha mão. E todos eles tinham toda a raiz do cabelo. Ignorei. No entanto, não percebia que a situação ia ficar muito pior. A queda continuava daquele exato ponto repetidas vezes”, expõe.

A jovem ainda traz mais mais informações. “Toda vez que eu lavava minha cabeça, sempre que usava uma escova para pentear ou até mesmo com as mãos, mais e mais cabelo saía daquele lugar em particular. E o que era uma careca do tamanho de uma ervilha se tornou do tamanho de uma tangerina ”, acrescenta.

Leia mais:  Após demissão, jornalista se revolta, xinga Bolsonaro e pede “Lula Livre”

Por conta da condição, Sierra se separou dos seus amigos e ficou menos otimista. “Eu não era intimidade. Era mais como se eu fosse evitada e ‘empurrada’ para longe das pessoas. Elas não interagiam comigo e foi como se eu tivesse sido tratada com silêncio durante a maior parte da minha vida na escola”, relata.

Algumas pessoas, inclusive, faziam comentários maldosos. “Ouvi gente falando de mim e sussurrando: ‘Olha! O que há de errado com ela?’. Acho que pensavam que eu estava buscando atenção, pois nunca cobri minha cabeça com perucas e chapéus
”, ressalta. 

Jovem busca ajuda para enfrentar a alopecia


Sierra procurou ajuda online para enfrentar a alopecia e, em um fórum, conheceu Zane, que, atualmente, é seu noivo
Reprodução/YouTube/Barcroft TV

Sierra procurou ajuda online para enfrentar a alopecia e, em um fórum, conheceu Zane, que, atualmente, é seu noivo

Quando completou 18 anos, a jovem procurou ajuda em um fórum da web, local em que conheceu Zane, que viria a se tornar seu noivo
. “Queria poder ir a um lugar, mesmo se fosse na internet, em que eu me sentia normal pela primeira vez. Não queria me sentir como se eu fosse o espetáculo do mundo, então encontrei uma plataforma online e ingressei”, afirma.

Leia mais:  Para o mundo todo: Xiaomi anuncia data de lançamento global do Mi 10

Diante disso, ela encontrou um espaço em que podia se expressar e falar das coisas que gosta sem as pessoas a vissem como “a careca”. “Zane foi um dos primeiros a conversar. Quando olhei para ele, o achei super fofo”, declara.

Na primeira chamada de vídeo com o rapaz, a americana ficou assustada, pois não havia lhe informado sobre sua doença e sobre como sua aparência era. “Não disse que estava perdendo todo o meu cabelo”, conta.

O parceiro, por sua vez, fala à Barcroft TV
que, assim que a viu, a achou fofa. “Notei sua calvície, mas não me importei se isso era alguma condição ou se era algo que estava na moda. Não me incomodou”, explica.

O casal namorou por alguns meses e logo decidiu morar junto. Ela se mudou da casa de sua família na Califórnia para ir viver ao lado do companheiro, em Washington. Além de tudo, Sierra conta que ele a tem ajudado a amar sua careca
.

“Ela me agradece o tempo todo por tratá-la como um ser humano normal e ser um bom parceiro. Toda vez que eu me pergunto por qual razão ela me agradecendo por fazer algo naturalmente, digo que não é grande coisa e nunca será. Ela é um espetáculo”, esclarece Zane.

Por fim, a americana com alopecia
diz que o noivo a ajudou a encontrar seu “eu verdadeiro”. “Ele me mostrou que eu posso ser eu mesma
e que não preciso de meios artificiais e nem me manipular para ser algo que eu não sou. Agradeço muito por isso. Provavelmente, vou ficar calva pelo resto da minha vida”, destaca.

Comentários Facebook
Advertisement

Política VG

Vereador/VG se “despede” de entidade; sai a Federal e mira votação histórica de Curvo

Published

on

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o Vereador por Várzea Grande, Bruno Lins Rios se licenciou da UCMMAT (União das Câmaras de Mato Grosso), para alçar vôo  mais alto. Empossado na entidade em 2021, Rios terá pela frente dois adversários de peso no partido, sendo a primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Morais e o Deputado Estadual, Alan Kardec. O vereador poderá se engajar exclusivamente como representante de Várzea Grande, já que outro pretendente ao mesmo cargo, o Vereador Rogerinho Dakar (PSDB), vê sua sigla “derretendo”. A idéia de Bruno é “bombar” na cidade industrial, para isso vêm se cacifando financeiramente e logicamente formar dobradinhas, dentre as metas, uma delas é aproximar da histórica votação em 2006 do ex-vereador Chico Curvo, batendo 37 mil votos.

 

 

fonte Oempallador

Comentários Facebook
Leia mais:  Pagamento do FGTS começa amanhã; veja quem tem direito ao saque de até R$ 500
Continue Reading

Sem categoria

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Published

on


source
Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 08.03.2022

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Dentre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto,  o presidente Jair Bolsonaro é o que apresenta o maior índice de rejeição, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira: 55% dos entrevistados afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. O desempenho é melhor que o apresentado na última pesquisa do instituto, quando essa porcentagem chegou a 60%. As duas pesquisas, contudo, não são diretamente comparáveis, já que houve mudanças na lista de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem ocupa a segunda colocação no ranking, com rejeição de 37%. Na sequência, vêm o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 30%; o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 26%; e o ex-governador Ciro Gomes (PDT), que registrou 23% no índice.

Em um segundo bloco, com números menores, estão o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), com 14%; Vera Lúcia (PSTU), que registrou 13% de rejeição; Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP), ambos com 12%; e Felipe D’Ávila (Novo), que marcou 11%.

Leia mais:  Após demissão, jornalista se revolta, xinga Bolsonaro e pede “Lula Livre”

Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para o governador João Doria, avalia um convite do PSD para concorrer à Presidência, além da possibilidade de concorrer pelo próprio PSDB no lugar de Doria — hipótese estimulada por aliados.

Leia Também

A baixa rejeição a nomes do segundo bloco, no entanto, passa também pelo grau de conhecimento desses pré-candidatos entre os eleitores. Lula é o mais conhecido pelos entrevistados: 99% disseram saber quem ele é. O presidente Jair Bolsonaro tem índice de 98%, enquanto 90% afirmaram conhecer Sergio Moro. Ciro Gomes tem 89% de conhecimento e Doria, 80%.

Dos entrevistados, 42% dizem conhecer o governador Eduardo Leite, 31% conhecem Vera Lúcia e 30%, Felipe D’Ávila. A senadora Simone Tebet registra índice de 28%, enquanto Leonardo Péricles tem 20% de conhecimento.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana