Sem categoria

Aguinaldo Silva faz desabafo sobre afastamento de Bruno Gagliasso de novela

Publicado em

O autor de “O Sétimo Gaurdião” Aguinaldo Silva fez um desabafo em sai conta no Facebook após descobrir sobre a internação de Bruno Gagliasso, que fez uma cirurgia para remover pedras nos rins na manhã de terça-feira (26). Ao compartilhar uma notícia sobre o fato ele comentou: “O que acontece quando um autor se vê diante de uma situação como a descrita abaixo e tem não mais do que duas horas para resolvê-la?”, questionou.

Leia também: “O Sétimo Guardião” parece mesmo ter sido escrita por amadores


Aguinaldo Silva
Divulgação

Aguinaldo Silva

O autor continua explicando que teve que mudar todas as cenas que o ator, que é o protagonista da história, gravaria no período que agora está afastado. “Neste caso específico foram cerca de trinta cenas e mais as que resultaram destas. Vejam bem, eu não escrevi ‘cortar’, eu escrevi MUDAR, pois se a gente cortar cenas os capítulos ficarão pequenos e no ar eles têm um tempo de duração que deve ser rigorosamente obedecido”, explicou Aguinaldo Silva
.

Leia mais:  Globo nega que César Tralli esteja de saída da emissora

Leia também: Briga, traição e fofoca: bastidor de “O Sétimo Guardião” é melhor que a novela

Silva confessou que sua primeira reação foi “se descabelar, quebrar meia dúzia de preciosos cristais em sua sala, gritar todos os palavrões que conhece, xingar Deus e o mundo e acusar a si próprio de ter vendido a alma ao diabo”. Depois de 15 minutos de “som e fúria”, como ele descreve, Aguinaldo se acalmou e voltou ao computador onde passou as duas horas restantes fazendo as alterações.

“Ontem de tarde, quando o diretor Rogério Gomes me ligou para dizer que o ator tinha sido internado e não podia gravar a partir de ontem mesmo, eu e Joana Jorge, que estávamos escatelando o capítulo 128, depois do meu ataque de pelanca, mudamos de rumo. Tiramos o Gabriel ( Bruno Gagliasso
) das cenas que ele não podia gravar, passamos o pente fino nas cenas em que suas ações cortadas eram comentadas por outros personagens. E, quando os capítulos forem ao ar, eu desafio o mais arguto dos telespectadores a notar neles alguma coisa que não cola por causa desse trabalho minucioso”, desafiou.

Leia mais:  Dólar sobe e Bolsa cai após ataque dos Estados Unidos contra o Irã

Leia também: Que fase! Bruno Gagliasso internado e sete provas do azar de “O Sétimo Guardião”

Aguinaldo Silva
já está bem adiantado nos textos da novela, mas as muitas fofocas de bastidores têm feito com que o autor mude algumas histórias de ” O Sétimo Guardião
“. 

Comentários Facebook
Advertisement

Política VG

Vereador/VG se “despede” de entidade; sai a Federal e mira votação histórica de Curvo

Published

on

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o Vereador por Várzea Grande, Bruno Lins Rios se licenciou da UCMMAT (União das Câmaras de Mato Grosso), para alçar vôo  mais alto. Empossado na entidade em 2021, Rios terá pela frente dois adversários de peso no partido, sendo a primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Morais e o Deputado Estadual, Alan Kardec. O vereador poderá se engajar exclusivamente como representante de Várzea Grande, já que outro pretendente ao mesmo cargo, o Vereador Rogerinho Dakar (PSDB), vê sua sigla “derretendo”. A idéia de Bruno é “bombar” na cidade industrial, para isso vêm se cacifando financeiramente e logicamente formar dobradinhas, dentre as metas, uma delas é aproximar da histórica votação em 2006 do ex-vereador Chico Curvo, batendo 37 mil votos.

 

 

fonte Oempallador

Comentários Facebook
Leia mais:  Globo nega que César Tralli esteja de saída da emissora
Continue Reading

Sem categoria

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Published

on


source
Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 08.03.2022

Datafolha: 55% dizem que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum

Dentre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto,  o presidente Jair Bolsonaro é o que apresenta o maior índice de rejeição, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira: 55% dos entrevistados afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. O desempenho é melhor que o apresentado na última pesquisa do instituto, quando essa porcentagem chegou a 60%. As duas pesquisas, contudo, não são diretamente comparáveis, já que houve mudanças na lista de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem ocupa a segunda colocação no ranking, com rejeição de 37%. Na sequência, vêm o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 30%; o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 26%; e o ex-governador Ciro Gomes (PDT), que registrou 23% no índice.

Em um segundo bloco, com números menores, estão o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), com 14%; Vera Lúcia (PSTU), que registrou 13% de rejeição; Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP), ambos com 12%; e Felipe D’Ávila (Novo), que marcou 11%.

Leia mais:  Trisal conta como é casamento poliamor: ‘Estamos abertos a mais mulheres’

Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para o governador João Doria, avalia um convite do PSD para concorrer à Presidência, além da possibilidade de concorrer pelo próprio PSDB no lugar de Doria — hipótese estimulada por aliados.

Leia Também

A baixa rejeição a nomes do segundo bloco, no entanto, passa também pelo grau de conhecimento desses pré-candidatos entre os eleitores. Lula é o mais conhecido pelos entrevistados: 99% disseram saber quem ele é. O presidente Jair Bolsonaro tem índice de 98%, enquanto 90% afirmaram conhecer Sergio Moro. Ciro Gomes tem 89% de conhecimento e Doria, 80%.

Dos entrevistados, 42% dizem conhecer o governador Eduardo Leite, 31% conhecem Vera Lúcia e 30%, Felipe D’Ávila. A senadora Simone Tebet registra índice de 28%, enquanto Leonardo Péricles tem 20% de conhecimento.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Comentários Facebook
Continue Reading

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana