conecte-se conosco


Policial

Ação conjunta apreende quase 100kg de drogas; quatro suspeitos morrem após confronto

Publicado


Julia Oviedo | Sesp-MT

Quatro pessoas morreram após trocarem tiros com o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) em uma ação conjunta com o 6º Comando Regional da Polícia Militar e a Delegacia Especial de Fronteira (Defron), para o combate ao tráfico de drogas na fronteira entre Brasil e Bolívia. O caso ocorreu na madrugada deste domingo (27.09), nas proximidades do Rio Jauru, em Cáceres (228km de Cuiabá).

O local é conhecido pela travessia de “mulas humanas”, que fazem o transporte de drogas de um país a outro. Na ocasião, os operadores de fronteira faziam o patrulhamento rural da região, quando avistaram os suspeitos armados carregando mochilas onde posteriormente foram encontrados os entorpecentes.

Os suspeitos ignoraram o sinal de advertência da equipe e atiraram contra os policiais, que revidaram a injusta agressão. Após cessar o conflito, os operadores de fronteira fizeram a varredura local e encontraram os suspeitos caídos, que foram socorridos e encaminhados à unidade hospitalar, onde morreram.

Com os quatro suspeitos – dois brasileiros e dois bolivianos – foram encontrados 90kg de substância análoga a pasta base de cocaína; 3,2kg de cloridrato de cocaína; 5kg de ácido bórico e alimentos. Também foram apreendidos dois revólveres calibre .38; uma pistola calibre 9mm e uma pistola calibre .22.

Leia mais:  Homem é preso por tráfico e posse de arma em ação conjunta em Santa Terezinha

A apreensão resultou em prejuízo ao crime de mais de R$ 2 milhões.

Antecedentes criminais

Durante checagem via base do Gefron, constatou-se que um dos suspeitos de nacionalidade boliviana era irmão de uma das pessoas que entrou em confronto com equipe do Gefron no dia 11 de agosto, quando quatro pessoas vieram a óbito na ocasião.

Além disso, um dos suspeitos possuía uma passagem por tráfico de drogas e outra por homicídio e outro suspeito possuía passagem por tráfico de drogas, tendo inclusive mandado de prisão em aberto e fuga de presídio.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Homem é preso por tráfico e posse de arma em ação conjunta em Santa Terezinha

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo e munições foi preso em flagrante, na segunda-feira (26.10), em ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar de Santa Terezinha (1.312 km a nordeste de Cuiabá). A ação resultou na apreensão de drogas, uma planta de maconha e uma arma de fogo carregada.

As diligências iniciaram após a equipe da Polícia Civil receber denúncia anônima sobre a comercialização de drogas por um suspeito que também possuía uma plantação de maconha no quintal da sua residência.

Diante das informações, as equipes policiais foram Até o endereço e na propriedade, junto ao canteiro de cebola, encontraram uma planta de maconha e também uma porção de crack que estava escondida nas proximidades.

Em continuidade as diligências, os policiais saíram em buscas pelo suspeito que foi encontrado na Vila Torre. Eles retornaram para a casa, onde foram realizadas buscas, sendo apreendida uma espingarda calibre 32, com três cartuchos prontos para disparo.

Leia mais:  Policiais civis realizam operação em município do Norte visando coibir tráfico e roubo

Diante das evidências, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Santa Terezinha e após ser interrogado foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo e munições.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Policial civil de MT é medalhista de ouro em campeonato nacional

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

O policial Leandro Furtado Rezende, lotado na Gerência de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil de Mato Grosso, conquistou o primeiro lugar na categoria Master 4, peso meio pesado, no Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu Esportivo 2020.

O evento nacional ocorreu neste final de semana, em Caieiras, região metropolitana da grande São Paulo (SP), e reuniu atletas competidores de vários estados.

Durante os três dias de torneio, o investigador de polícia demonstrou o seu talento em  artes marciais, derrotando adversários também treinados para disputar o campeonato brasileiro de Jiu-jitsu deste ano.

Leandro Rezende pratica artes marciais na modalidade Jiu-jitsu há 31 anos, sendo que há 22 anos foi batizado na categoria faixa preta.

Condecorado com a medalha de ouro pelo primeiro lugar na categoria Master 4, peso meio pesado, Leandro falou da felicidade pela vitória obtida com dedicação, comprometimento, além do esforço físico e suor. Perdendo na luta final de sete a zero, e faltando apenas 15 segundo, o investigador de polícia finalizou o oponente.

“Iniciei o dia de quinta-feira (22), participando de uma operação policial e trabalhando até as 21 horas na GOE. Na madrugada de sexta-feira embarquei para São Paulo. Consegui algumas horas para descansar e logo às 13 horas fui para a cidade de Caieiras, onde mesmo cansado e ainda exausto, competi saindo como campeão”, completou ele.

Leia mais:  Vítimas de violência doméstica e sexual recebem ambiente apropriado na Delegacia de Água Boa

O policial civil agradeceu os colegas da GOE pelo incentivo, em especial ao delegado da unidade Ramiro Mathias Queiroz e o chefe de operação EdCarlos da Silva Campos por acreditar na sua capacidade e, principalmente, por apoiar as participações em campeonatos fora do estado.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Parque Berneck – Várzea Grande

Política MT

Mato Grosso

Policial

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana